03 – Dilemas da Mulher Empreendedora

Como se sabe a mulher é multi tarefa, esta buscando cada vez mais informação para consolidar seu negocio, porem alguns dilemas ainda fazem parte da rotina das empreendedoras, conheça alguns deles e veja se também se identifica:

GERENCIAR FINANÇAS
Estudos apontam que uma das atividades que as mulheres menos gostam de cuidar em seu empreendimento é o controle financeiro, contas a pagar, receber, fluxo de caixa, entre outros. Elas mencionam não terem paciência ou mesmo interesse em cuidarem dessas questões e acabam delegando para o sócio, o marido ou terceiros e essa atitude pode ser determinante para a quebra ou não de um negocio.
Se as mulheres não sabem o que entra no caixa, o que sai, a sua margem de lucro, impostos, folha de pagamento, fica fácil serem lesadas por pessoas mal-intencionadas e infelizmente não são casos isolados.
Outro ponto muito observado nos empreendimentos e que deve ser evitado é não separar as finanças pessoais e da empresa.
A mulher precisa se dedicar a buscar informações ou mesmo algum profissional da área para ajuda-la, pois ela deve cuidar – e de perto – de seu negocio para torna-lo cada vez mais solido.

CONTRATACAO DE COLABORADORES
Quando a mulher decide empreender, quase que imediatamente contrata os amigos e familiares para que possam ajuda-la em seus desafios no novo negocio, mas essa atitude pode ser perigosa. Nunca contrate quem não possa demitir.
A intencao da mulher é muito boa, ela quer ajudar os outros que ama a ter melhores oportunidades, porem muitas vezes acaba ficando com uma pessoa na empresa, mesmo já não tendo sua melhor performance, justamente para não estragar uma amizade de anos ou não causar uma saia-justa na família. Não se contrata por afinidade e sim por competência.
Outra dica sobre contratação: leve o tempo necessário para contratar uma pessoa boa, competente, porem no caso de demissão, seja breve, não protele o problema, isso pode resultar em prejuízo.

MOTIVAR-SE CONSTANTEMENTE
A mulher empreendedora é batalhadora, não mede esforços para tirar seu projeto do papel e coloca-lo em atividade, porem muitas vezes essa mulher tem a ideia, executa o serviço, cuida das contas, da entrega dos produtos, ou seja, faz de tudo. Logo surge aquele momento de canseira, desanimo, ate por que ter seu próprio negocio não é garantia de sucesso imediato e a empreendedora precisa estar próxima de pessoas positivas, que dão forca e suporte, pois se a motivação cair, pode ser o fim do negocio, mas o que fazer?
Frequentar movimentos de empreendedores, de empoderamento feminino, participar de debates sobre determinados assuntos trazem ideias novas, inspirações e aquela dose extra de forca. A mulher empreendedora não esta sozinha nessa jornada e muitas vezes se faz necessário sair do piloto automático e buscar motivação, conhecer pessoas, fornecedores e parceiros. Permita-se pelo menos uma vez ao mês participar desses eventos, permita-se ao novo.
A internet também ajuda muito nesse sentido, sem sair de casa ou mesmo na rua, a mulher pode ter acesso a alguns sites que disponibilizam conteúdo inspiracional, motivacional e cases de sucesso que podem contribuir para seu negocio.

Joyce Bianchi
CEO Grupo GV8 (www.grupogv8.com.br)
Diretora de Missões de Negócios BWi Participações (www.bwiparticipacoes.com.br)
Embaixadora Escola de Você – Bauru – SP ( Plataforma de ensino para mulheres com 50.000 alunas no Brasil)

tag: Dilemas da Mulher Empreendedora, joyce bianchi,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *