10 dicas para definir seu público-alvo




Mesmo após anos de mercado, muitas empresas ainda não conseguem definir quem é o seu público-alvo. Mesmo que elas tenham noção deste dado, será que sabem o porquê desta preferência, quais problemas enfrenta, no que confiam e desconfiam, o que precisam, amam ou detestam?

Se você quiser que a sua mensagem seja eficaz e sua marca seja atraente, você precisa dar um passo adiante e conhecer melhor seus clientes. Mas, como você fazer isso? O site Entrepreneur elaborou algumas dicas para facilitar seu trabalho. Aqui estão 10 maneiras de saber quem é seu público-alvo:

  1. Desafie seus pressupostos
    O primeiro passo é o mais importante, uma vez que pode até mesmo ajudá-lo a redefinir o seu público-alvo: não assuma nada. Digamos que você decidiu que o seu mercado alvo são as mulheres de meia-idade. Por quê? Você poderia ter ido ainda mais longe, assumindo determinados estilos ou direções para recorrer.
  1. Aprenda com o que os outros têm encontrado
    Esta é uma pesquisa de mercado de nível de entrada. Leia sobre alguns estudos de caso, exemplos e análises psicológicas realizadas por comerciantes que vieram antes de você. As fontes incluem repórteres da indústria, pesquisadores de mercado em geral e, em alguns casos, sociólogos. Filtrar os dados para garantir a pesquisa é tão relevante quanto a pesquisa em si.
  1. Crie uma persona cliente
    Depois de coletar dados objetivos suficientes para começar a formar conclusões sólidas, você pode começar a elaborar uma persona cliente. Esta persona é basicamente um personagem fictício que exibe todos os traços que se espera de um membro do seu público-alvo.
    Inclua fatores como, idade, sexo, nível de escolaridade e renda, bem como fatores de disposição, como temperamento, sensibilidade ou curiosidade.
  1. Realize uma grande escala de pesquisas quantitativas
    Agora é hora de fazer backup de seus pressupostos e realizar algumas pesquisas primárias (ao invés da pesquisa secundária descrita acima). Comece com levantamentos quantitativos de grande escala, cobrindo a maior seção transversal de sua audiência possível. Suas perguntas devem ser de múltipla escolha, fornecendo subjetivamente as estatísticas que podem lhe ensinar sobre os hábitos do seu público.
    Faça perguntas relevantes para a sua marca e produtos, tais como, “Qual é a importância de X para você?” ou “Qual é a sua maior consideração para a compra de um X?”
  1. Pesquisas qualitativas
    Complemente a sua pesquisa quantitativa com a pesquisa qualitativa – os dados não vão ser os mais objetivos, mas você vai obter conhecimentos mais detalhados sobre a composição psicológica do seu público. Pegue uma pequena amostra de membros da audiência e faça perguntas abertas para obter respostas longas que você pode interpretar.
    Mais uma vez, faça perguntas relevantes para a sua marca e produto similar como, “O que a seguinte frase significa para você?” oi “O que você sente quando vê esta imagem?” são alguns exemplos.
  1. Olhe para seus concorrentes
    Seus concorrentes podem já ter feito uma pesquisa neste mercado e colocado em ação. Se eles têm como alvo o mesmo público que você, observe e aprenda como lidam e anunciam para seus clientes potenciais.
    Se não o fizeram, procure maneiras para distinguir-se.
  1. Veja outros produtos e serviços populares
    Procure por produtos e serviços que seu público-alvo já esteja usando – não relacionados com a sua indústria. Como é que estas marcas se posicionam? Quais os tipos de mensagens que eles usam?
  1. “Ouça” conversas online
    Use softwares de escuta social em combinação com listas sociais direcionados sobre o que seus clientes estão dizendo online. Quais trending topics eles estão seguindo mais de perto? Quem eles normalmente interagem, como e por quê?
    Mais uma vez, você pode olhar para outras marcas que possam surgir como mensageiros de sucesso.
  1. Examine interações com a sua marca
    Você pode usar software de escuta social ou o Google Analytics para analisar o comportamento dos usuários em seu site. Avalie de onde vem, como vem, o que comentam e como interagem. Isso vai ajudar a afinar sua abordagem.
  1. Deixe algum espaço para ampliar a abordagem
    Você nunca vai ter um perfeito entendimento de seu público-alvo, pois a cada dia as pessoas mudam e descobrem novas coisas. Deixe um espaço aberto em sua estratégia, para que sempre possa se aperfeiçoar e incluir novidades.

tag: como saber publico-alvo, definir publico, definir publico-alvo, empreendedorismo, negócios, pesquisa de mercado,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.