#3 maiores razões para você parar de procrastinar e começar a empreender logo – Bruno Perin

Você sabe como é, todos nós sabemos e de uma certa forma um dia já procrastinamos. Talvez seja um dos hábitos mais famosas do mundo e mais detestados, as pessoas odeiam isso em si, mas invariavelmente continuam agindo assim.

Nem sempre é fácil se assumir como procrastinador, a maioria apenas se dá conta que fez isso depois de um tempo, normalmente quando percebe que deveria ter feito!

Ah essa sensação de deveria ter feito – Como dói!

O que acontece, nós precisamos tomar atitudes e ao pensar sobre o assunto alguns bons motivos para deixarmos para depois. E aquela sensação de alívio assume… Essa é a grande porcaria da procrastinação, porque ao cometermos ela trás uma sensação boa, de alívio imediato. Isso é terrível, pois parece muitas vezes até que ela foi acertada até a vida nos voltar com um tapa e mostrar que foi coisa nenhuma.

Levando isso para o mundo do Empreendedorismo de Alto Impacto (Startups) é ainda mais comum, pois os riscos e tantas incertezas que o cercam fazem da procrastinação quase tão gostosa quanto cafuné de mãe. Portanto, resolvi apresentar três boas razões para não procrastinar.

Antes disso, lembre-se que cair às vezes faz parte da jornada, aqui tem um ótimo podcast sobre esse assunto – Cair faz parte da jornada

 

1 – TIRANDO UM BAND AID

Você sabe como é, se for devagarinho, aos pouquinhos aí coloca novamente, começa a tirar mais com calma, desiste. Espera mais um tempo, recomeça o processo e assim vai indo aos poucos, sentindo várias vezes a dor até tirar…

Muitas vezes as pessoas não querem assumir logo seu projeto de empreendedorismo por essa questão, quando o compromisso foi afirmado – Agora vou fazer. As coisas têm que começar a andar e isso doi um pouco. Claro, agora é mais trabalho, é entrar na incerteza, é provar que pode… São tantas possíveis adversidades que poderão nos causar algum desconforto que praticamente não teria sentido fazer.

Mas tem todo o sentido. O que as pessoas procrastinadoras colocam com maior peso na balança é a dor que não ter que sentir, mas o que esquecem é que ali começa a construção de um sonho, de um passo mais firme para o propósito. Quanto mais tempo levar para começar isso, menos tempo terá aproveitando-o.

 

2 – NOVOS APRENDIZADOS ESTÃO CHEGANDO

Você certamente já deve ter tido aquele medo quando era criança, ir para frente da sala de aula e a professora lhe fazer uma pergunta que você nem sonha qual é a resposta certa. No Empreendedorismo de Alto Impacto (Startups) temos muito isso, as pessoas temem muito chegar em uma situação importante e não ter ideia se saberão como agir.

Com certeza muitas vezes você não vai… E isso é ok, quer saber mais, Steve Jobs passou por isso, Elon Musk, Bill Gates… Qualquer pessoa que um dia começou um negócio teve que passar por isso. Ninguém jamais vai ter todas as respostas.

O importante aqui é ir se preparando, mas estar ciente que a vida vai lhe apresentar MUITAS questões que você não saberá responder e isso é normal. Pense que maravilha será uma ótima oportunidade aprender e evoluir. E se ainda tiver medo, lembre-se que alguém deve ter passado por isso e poderá lhe ajudar, e aqui tem uma oportunidade melhorar seu networking e fazer novas conexões.

 

3 – VOCÊ PODE IR SE PREPARANDO NO CAMINHO

Não é só a questão do conhecimento citado acima, mas também as habilidades que serão exigidas, a equipe, tantas coisas o universo do Empreendedorismo de Alto Impacto (Startups) irá precisar que muitas vezes as pessoas querem se preparar um pouquinho mais.

Claro que uma base é super importante, mas chega momentos que não adianta mais você aprender dos outros como se faz é a hora de ver na realidade. Segundo a PNL se você quiser compreender de verdade, aja.

Dessa forma é super bacana fazer um curso de Empreendedorismo de Alto Impacto e entender a logica, saber um pouco do que vai acontecer, mas você não pode contar que tudo poderá ser aprendido assim. Saiba que grande parte das lições a vida está esperando para lhe mostrar no caminho.

Consciência é algo muito importante a todos empreendedores, aqui tem uma ótima indicação de artigo sobre isso O que é falta de consciência?

Empreender é um risco, principalmente quando falamos de Startups, mas perceba que mesmo os três maiores motivos para procrastinar sua decisão de empreender na verdade acabam logo ali depois provando que seria melhor ter feito na hora.

Se você está naquele passo para realmente colocar sua ideia adiante e se tornar empreendedor, mas ainda tem seus receios, tente parar e perceber se não é um pouco de procrastinação…

“Sonhos se constroem com ação, não com mais pensamentos”

Aqui tem um vídeo interessante sobre testar as ideias:

 

O que acontece, nós precisamos tomar atitudes e ao pensar sobre o assunto alguns bons motivos para deixarmos para depois. E aquela sensação de alívio assume… Essa é a grande porcaria da procrastinação, porque ao cometermos ela trás uma sensação boa, de alívio imediato. Isso é terrível, pois parece muitas vezes até que ela foi acertada até a vida nos voltar com um tapa e mostrar que foi coisa nenhuma.

Levando isso para o mundo do Empreendedorismo de Alto Impacto (Startups) é ainda mais comum, pois os riscos e tantas incertezas que o cercam fazem da procrastinação quase tão gostosa quanto cafuné de mãe. Portanto, resolvi apresentar três boas razões para não procrastinar.

Antes disso, lembre-se que cair às vezes faz parte da jornada, aqui tem um ótimo podcast sobre esse assunto – Cair faz parte da jornada

Aqui tem um vídeo interessante sobre testar as ideias:

brunoperinBruno Perin
Empreendedor, consultor, palestrante e escritor.
Graduado em administração de empresas pela UFSM, especialista em Marketing Experience, pesquisador em Neuromarketing e Startups.
Integrante do grupo dos 200 maiores talentos brasileiros pelo Virtvs Group, é referência marcante da nova geração no marketing, sendo responsável por várias campanhas impactantes nas redes sociais em 2011/12.
Com experiências em palestras nacionais e internacionais, é considerado fomentador do empreendedorismo e da disseminação do conceito de startup no país. Conectado com os mentores desse tipo de programa no mundo, estuda o implemento e o funcionamento das startups, sendo apontado como evangelista da Geração Y/Z. Hoje é o grande nome do Neuroempreendedorismo no Brasil.

tag: artigo bruno perin, empreender, parar de procrastinar,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.