3 tops dicas para você testar suas ideias de negócio – Por Bruno Perin

Deve estar acontecendo com grande frequência, mas você possivelmente está notando cada vez mais oportunidades no mercado. Mesmo pessoas já com o veio empreendedor que fazem isso propositalmente, até pessoas que nem estão pensando no assunto, acabam percebendo problemas no mercado que caberiam soluções interessantes.

Essa explosão empreendedora está ativando a nossa mente, notamos que é exponencial a quantidade de pessoas que notam situações inconvenientes do mundo e resolvem tenta fazer algo a respeito.

Ok, falando assim, até parece muito fácil não é? Mas, desde o passo de perceber, estudar a situação, desenhar uma boa alternativa e até lançar um negócio a brincadeira fica um pouquinho mais complicada.

Isso é verdade, porém, temos uma facilidade hoje em dia muito distinta – formas de testar sua ideia. O que antes era bem mais difícil, o processo de perceber uma oportunidade e até lançar algo, hoje temos um meio termo, que visa saber um pouco antes se vale a pena ou não continuar nessa jornada – teste de conceito (o nome mais usual) ou apenas verificar se a sua ideia é boa ou não.

Antes de passar 3 dicas de como você pode testar a sua ideia é necessário deixar estar atento a uma coisa – Deixe-a redonda. Isso quer dizer, tenha certeza que as pessoas compreendem o que você quer fazer. Eu diria que esse é um pré-passo, pois não adianta você querer testar sua ideia sem ela estar apta a ser compreendida.

Você pode desenhar e explicar há alguns amigos mais críticos ou até familiares se eles realmente entenderam, quanto mais as pessoas forem de áreas diferentes do que a sua ideia se propõe, melhor é para testar o quão clara ela é…

Partindo do ponto de vista que você tem agora essa ideia bem desenhada, o que fazer?

Lance uma Landing Page

Para os não familiarizados com o termo, quer dizer apenas uma pagina estática na internet, daquelas que nem rolam, apenas salientando o que é a sua ideia e pedindo o contato de pessoas que tenham interesse quando ela for lançada.

Essa é a tática mais usual, pois é extremamente simples e ajuda a perceber quantas pessoas estão dispostas a deixar seus contatos a fim de saber mais sobre a sua futura Startup.

Oferecer um mimo ajuda. Por exemplo se a pessoa deixar o contato ela vai receber um vídeo falando mais sobre o assunto, ou um e-book, isso aumentará o numero de pessoas interessadas na questão.

Converse em grupos

Essa é uma ação que normalmente gera medo, mas os ganhos são geralmente maiores. Os futuros empreendedores pensam que ao expor sua solução, algumas pessoas poderão querer roubar e fazer por si só algo. Na verdade, isso raramente acontece, as pessoas normalmente já tem suas ideias e ambições, então elas dificilmente largaram as coisas delas para tentar a sua, sem falar que, quando as pessoas copiam algo é o que já está tendo sucesso.

Assim, soltar a ideia em grupos tende a não gerar roubos e sim boas sugestões e conexões. Colocar em grupos de discussão no facebook, linkedin e até outros fóruns de debates ajuda a perceber o interesse das pessoas no assunto e até suas grandes aspirações. Existe grupo de tudo na internet hoje, portanto é questão de achar e interagir neles para avaliar o potencial disso que esta pensando.

Faça uma oferta

Essa é a forma mais concreta digamos assim de testar, mas também a mais ousada – você já oferecer algo. O mais comum é as pessoas usarem o crowdfunding (financiamento coletivo) em que você pode colocar uma oferta e sua meta para ela e assim, caso conseguir o numero estipulado de pessoas, você fará seu negócio acontecer, caso não atingir você simplesmente entenderá que o mercado pode não estar interessado.

Você também pode fazer isso com uma Landing Page ou um site bem simples apenas apresentando a proposta, ainda que a plataforma de crowdfunding seja mais adequada.

A questão é que você já oferecendo algo conseguirá compreender se as pessoas estão mesmo dispostas a pagar por isso ou não. Veja que na dica 1, de apenas fazer a Landing Page você percebe a intenção, mas isso pode não virar em compra, aqui o teste já é mais efetivo, as pessoas pagarão mesmo pelo o que você quer…

Essas 3 dicas são um ótimas para você verificar rapidamente se a sua ideia tem potencial ou não. Imagine que as pessoas já poderão mostrar sua intenção, fazerem perguntas e até comentarem seus maiores desejos referentes aquilo que você vai lançar. E sem falar, que com isso, você não precisa gastar tanto tempo, dinheiro e energia para perceber se o negócio parece bom ou não.

Espero que suas ideias venham logo para o mundo, mas testa-las poderá dar ainda mais inspiração e confiança para fazê-las acontecer… Bora tirar elas da sua mente e test-las nesse mercado.

Saiba mais em:

 

Participe do workshop “Empreendedorismo e Inovação de Alto Impacto” com o Bruno Perin dias 21 e 22 de Maio em Porto Alegre!! Saiba mais em: http://www.brunoperin.com/workshop/

curso Bruno

 

brunoperinBruno Perin
Empreendedor, consultor, palestrante e escritor.
Graduado em administração de empresas pela UFSM, especialista em Marketing Experience, pesquisador em Neuromarketing e Startups.
Integrante do grupo dos 200 maiores talentos brasileiros pelo Virtvs Group, é referência marcante da nova geração no marketing, sendo responsável por várias campanhas impactantes nas redes sociais em 2011/12.
Com experiências em palestras nacionais e internacionais,
é considerado fomentador do empreendedorismo e da disseminação do conceito de startup no país.
Conectado com os mentores desse tipo de programa no mundo, estuda o implemento e o funcionamento das startups, sendo apontado como evangelista da Geração Y/Z.
Hoje é o grande nome do Neuroempreendedorismo no Brasil.

tag: Bruno Perin, empreender, ideias, pesquisa de mercado,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.