5 dicas para contratar pessoas no início da empresa

ArtigosEmpreendedorismo

jan 21, 2016

0




O primeiro grupo de pessoas que você trouxer para trabalhar em sua startup participará de momentos cruciais e decisivos em seu futuro. Eles serão críticos, vão te ajudar a acertar, a definir a cultura da empresa e fornecer o combustível que a impulsiona adiante. Mas escolher as pessoas certas está longe de ter um método científico e você pode errar muito antes de encontrar a equipe certa. O CEO da SecureDocs, Will Reynolds deu 5 dicas, publicadas originalmente no portal americano Entrepreneur. Confira já:

  1. Procure por pessoas dedicadas
    Startups são trabalho duro. É absolutamente necessário pessoas com ideias, mas não exatamente uma pessoa extremamente brilhante, que só vive a pensar o dia inteiro. Descobrir como obter um produto no mercado pode demandar Q.I, mas também tem um monte de esforço e persistência. Enquanto um elemento de caos é inevitável, você será provável mais bem sucedido se tiver estrutura e processo. Então, olhe para as pessoas dispostas a se jogar nas horas extras, diligente sobre processos e que pode fazer backup de suas estratégias.
  1. Contrate pessoas que você conhece ou já trabalhou antes
    Pode não ser possível (ou aconselhável) puxar todos os seus amigos para o seu arranque, mas ter alguma experiência de trabalho com sua equipe em um trabalho anterior e compreender as idiossincrasias de cada um irá lhe fornecer um nível básico de conhecimento para os riscos e benefícios que cada indivíduo pode trazer.
    Contratar alguém que é completamente desconhecido (para você ou sua rede) adiciona um nível substancial de risco para o seu empreendimento numa fase tão delicada. Mas se você tiver que contratar um candidato desconhecido, certifique-se das referências.
  1. Procure pessoas confortáveis ​​com mudanças
    Se o empregado em perspectiva é o tipo de pessoa que precisa de garantias definitivas e visibilidade detalhada em seu plano de carreira, ela está, provavelmente, no lugar errado. A única garantia com uma startup é que tudo vai mudar – às vezes para melhor, às vezes para pior.
    Grandes empreendedores sempre estão animados para enfrentar novos desafios a cada dia e sua equipe precisa compartilhar deste entusiasmo.
  1. Veja se a empresa vai corresponder à expectativa do candidato
    Se você está falando com alguém que quer ingressar em sua nova empresa, isso significa que ele tem uma tolerância ao risco. Mas quanta tolerância? E quais são as consequências para ele se o risco não compensar?
    Ao passar o tempo com potenciais contratados e compreender sua personalidade e situação pessoal, você deve ser capaz de ter uma ideia se está os colocando em uma situação delicada, que não vai corresponder ao que ele precisa em sua vida. Muitas vezes, isso será exposto mais cedo – em suas expectativas salariais, benefícios e outros requisitos.
  1. Contrate pessoas que você tem coisas em comum
    Será que esta é uma pessoa que você topa passar o tempo socialmente? Você gosta dele e quer conviver?
    Startup pode ser uma experiência muito intensa, e, provavelmente, você vai se ver preso com os funcionários em um pequeno escritório, quarto ou garagem por um longo período de tempo. Você também está propenso a gastar mais tempo com eles do que com a sua família – e se estiver em linhas de frente da venda de um produto, pode viajar com os colegas excessivamente. Você vai precisar para se dar bem em algum nível e isso ajuda se você compartilhar interesses semelhantes.




tag: contratar, contratar funcionarios, contratar vendedores, dicas, inicio de empresa, pessoas, STARTUP,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.