Arezzo & Co superou desafios da pandemia e pode faturar R$ 3 Bilhões em 2021

A Arezzo & Co superou os desafios do varejo na pandemia. Segundo Alexandre Birman, presidente da empresa, a marca tem espaço para crescer mais.

Arezzo & Co superou desafios da pandemia e pode faturar R$ 3 Bilhões em 2021
Imagem Divulgação

A receita total da Arezzo & Co no quarto trimestre foi de 802,3 milhões de reais. Assim, representando um aumento de 39,8% em comparação com o mesmo período do ano passado.

O lucro líquido ajustado foi de 83,2 milhões de reais, o que também foi um aumento de 77,8% em relação ao quarto trimestre de 2019. Esse período é o primeiro ano de que apresenta os resultados da Reserva, empresa adquirida em outubro do ano passado.

Com a recuperação gradativa do trimestre, a receita total da empresa em 2020 é de aproximadamente 2 bilhões de reais, um aumento de 2,1%. Além disso, a digitalização da empresa resultou em resultados positivos durante a pandemia Covid-19.

O negócio digital da empresa aumentou o comércio eletrônico no trimestre em 139% e ganhou 162,4 milhões de reais. Assim, representando 22,4% da receita total. No entanto, 20,5% da receita gerada online por meio do aplicativo do vendedor e os vendedores em lojas físicas também recebem informações de registro, preferências e informações da última compra do cliente.

Em uma entrevista à EXAME, Alexandre Birman, presidente da Arezzo & Co, afirmou que os resultados refletem o acúmulo de ações que a empresa preparou ao longo do tempo e que foram fortalecidas neste trimestre.

Segundo ele, pode-se dizer que a partir do quarto trimestre de 2020, a Arezzo mudou. Já que, agora integra tecnologia digital e atinge um novo marco, como o primeiro ano de implantação do grupo em Vans e a chegada da Reserva.

Assim para ele, a Arezzo & Co pode deixar a marca de 2 bilhões de reais emitidos este ano para a marca de 3 bilhões de reais em 2021.

Resultados das marcas do grupo Arrezo & Co

A empresa afirmou que surpreendentemente o Natal é o maior da história da Reserva, já que, as vendas em lojas próprias e e-commerce aumentaram 19%. Já no caso da Vans, o grupo está se concentrado na abertura de lojas. Uma vez que, haverá 8 novas unidades em 2020, e outras 14 unidades deverão ser adicionadas em 2021. Além disso, a marca participou de quase 13% da receita do grupo.

As marcas Arezzo e Schutz continuam comandando o grupo no faturamento, com 42,3% e 23,8% do total no ano respectivamente.

LEIA TAMBÉM: O Google não usará outras ferramentas de rastreamento da web após eliminar os cookies

tag: alexandre birman, arezzo, arrezo & co, FASHION, moda, reserva, schutz,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.