Áudios vazados do Clubhouse levantam dúvidas sobre segurança da nova rede social

Clubhouse tem áudios vazados e encara sua primeira crise de segurança

Áudios vazados do Clubhouse levantam dúvidas sobre segurança da nova rede social

Um usuário do aplicativo Clubhouse, nova rede social de conversas por áudio que tem virado febre no mundo, conseguiu vazar o áudio de conversas de salas privadas. Os áudios foram postados em outro site na internet.

Segundo a empresa, o hackers não identificado foi “banido permanentemente” e novos mecanismos foram instalados para melhorar a segurança do aplicativo.

“O Clubhouse não pode oferecer nenhuma promessa de privacidade para conversas realizadas”, disse Alex Stamos, diretor do SIO e ex-chefe de segurança do Facebook, à Bloomberg.

O especialista disse que o ataque do fim de semana aconteceu porque o hacker conseguiu compartilhar remotamente suas informações de login. Assim, ele construiu um sistema JavaScript na plataforma usada pelo Clubhouse.

O aplicativo não especifica quais novos sistemas de proteção foram adicionados. No entanto, a solução pode incluir, por exemplo, restringir os usuários de usar mais de uma sala ao mesmo tempo.

Na semana passada, o Observatório da Internet da Universidade de Stanford divulgou um relatório informando que a sala do Clubhouse foi transmitida “para servidores provavelmente hospedados na China”. 

Segundo a Stamos, a dependência do Clubhouse no Agora causou muitas preocupações com a privacidade, especialmente para os cidadãos chineses e dissidentes cujas conversas estão além do escopo da supervisão do Estado.

No entanto, o Agora declarou que não armazena nem compartilha informações de identificação pessoal. A empresa disse: “Estamos comprometidos em tornar nossos produtos o mais seguros possível.”

Clubhouse

Clubhouse é um aplicativo de rede social para bate-papo com áudio somente para convidados, lançado em 2020 pela Alpha Exploration Co.

Em dezembro de 2020, foi avaliado em quase US$100 milhões. Já em 21 de janeiro de 2021, a avaliação atingiu US$1 bilhão.

Primeiramente, o aplicativo Clubhouse ficou famoso entre profissionais e entusiastas da área da tecnologia, inclusive do Vale do Silício. Apesar de estar disponível, por enquanto, apenas para iPhones, já possui mais de 600 mil usuários.

LEIA TAMBÉM: Lojas Americanas e B2W estudam possível fusão

tag: audios vazados, clubhouse, privacidade, privacidade de usuários, segurança,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *