BNDES terá “a mulher de 1 bilhão de dólares” no comando

ArtigosGestãoNotícias

maio 18, 2016

0
Maria Silvia já foi diretora do BNDES. (Divulgação)

Maria Silvia já foi diretora do BNDES. (Divulgação)

A ex-secretária de Finanças do Rio de Janeiro Maria Silvia Bastos Marques será a nova presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O anúncio foi feito pela assessoria do presidente em exercício Michel Temer. A economista, que também foi presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), é a primeira mulher a assumir tal posição no BNDES, que tem como função o financiamento de grandes obras e projetos do País.

Maria Silvia já foi diretora do BNDES e é também a primeira mulher indicada pelo presidente interino Michel Temer, que foi criticado por criar ministérios exclusivamente masculinos.

Aos 59 anos, Maria Silvia é conhecida como “trator” nos negócios e vem a comandar o  órgão de primeiro escalão no governo, que vinha sob gestão de Luciano Coutinho. Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o BNDES tem hoje R$ 931 bilhões em ativos e desembolsou R$ 136 bilhões para empréstimos ano passado.

O jornal ainda sugere que a chegada de Maria Silvia à presidência do BNDES corresponde a uma guinada da instituição de fomento para focar nas concessões ao setor privado na área de infraestrutura.

Ex- assessora da presidência do BNDES, onde trabalhou no programa de privatizações, em 1991 e 1992, durante o governo Fernando Collor, Maria Silvia também trabalhou com o embaixador Jório Dauster na renegociação da dívida externa brasileira, também no governo Collor. À frente da secretaria municipal da Fazenda do Rio, no governo Cesar Maia, a economista ficou conhecida como  “a mulher de 1 bilhão de dólares” quando conseguiu acumular este valor para os cofres do município.

 

Além disso, Maria Silvia esteve nos conselhos de administração de diversas empresas nacionais e internacionais como Petrobrás, Vale e Anglo American. Engana-se quem pensa que ela deixa a vida pessoal de lado. Inclusive, em 1996, quando assumiu o comando da CSN, estava grávida de gêmeos.

 

Recentemente a executiva estava atuando na Empresa Olímpica Municipal (EOM), órgão da Prefeitura do Rio responsável por coordenar a construção das instalações olímpicas, que comandou entre 2011 e 2014, saindo em seu momento mais conturbado alegando “motivos pessoais”.

 

 

tag: bndes, economia, Maria Silvia Bastos Marques, Michel Temer, MInistérios,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *