Brasil sai de lista das 10 maiores economias do mundo e cai para a 12ª posição, aponta ranking

O país está em 12º lugar, em contraste com 2019, quando o Brasil ocupava a 9ª posição.

Brasil sai de lista das 10 maiores economias do mundo e cai para a 12ª posição, aponta ranking

De acordo com uma pesquisa realizada pela agência de avaliação de risco Austin Rating, o PIB do Brasil (Produto Interno Bruto) caiu em um histórico de 4,1% até 2020. Por conseqüência, o Brasil saiu do ranking das dez maiores economias do mundo.

Atualmente, o país está em 12º lugar, em contraste com 2019, quando o Brasil ocupava a 9ª posição.

De acordo com o ranking, o Brasil foi ultrapassado por Canadá, Coreia do Sul e Rússia em 2020.

Assim classificação considera o PIB do país em seu valor presente (USD). Veja a tabela abaixo:

Ranking das Maiores Economias

Posição20192020
1ºEstados UnidosEstados Unidos
2ºChinaChina
3ºJapãoJapão
4ºAlemanhaAlemanha
5ºÍndiaReino Unido
6ºReino UnidoÍndia
7ºFrançaFrança
8ºItáliaItália
9ºBrasilCanadá
10ºCanadáCoreia do Sul
11ºRússiaRússia
12ºCoreia do SulBrasil
Fonte: Austin Rating

No entanto, nem todos os países divulgaram dados oficiais ou finais do PIB para 2020. Por isso, após o Fundo Monetário Internacional divulgar resultados abrangentes, espera-se que o ranking final das maiores economias do mundo seja divulgado em abril.

Brasil x Pesquisa da Austin Rating

Sobretudo, a pesquisa também mostrou que, em uma comparação entre as 50 maiores economias do mundo, o PIB do Brasil em 2020 ficou em 21º lugar. Além disso, os países com as maiores quedas foram Peru (-11,1%), Espanha (-11%) e Reino Unido (-9,9%).

Surpreendentemente, da lista, na comparação com 2019, apenas três países registraram crescimento: Taiwan (3,1%), China (2%) e Turquia (1,6%).

De acordo com a previsão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para 2021, Austin estima que o Brasil pode cair para a 14ª posição na maior economia do mundo. Desse modo, sendo ultrapassado por Austrália e Espanha.

Assim, para fazer a estimativa, a agência considerou um cenário de alta de 3,3% do PIB brasileiro no ano e uma taxa de câmbio média de R$ 5,2456 por dólar.

Além disso, entre 2010 e 2014, o Brasil permaneceu em sétimo lugar. Por isso, na pior das hipóteses, em 2003, ficou em 14º lugar. A classificação da Austin Rating compara as maiores economias do mundo desde 1994.

LEIA TAMBÉM: Shoppings Centers da Rede Iguatemi anunciam redução no horário e até fechamento

tag: brasil, economia, economias, maiores economias, maiores economias do mundo, ranking,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *