Brasileiros lançam rede de franquia em New York especializada em coxinhas e conquistam clientes como Google e Amazon

Sem categoria

fev 1, 2019

0
Foto: Alessandro Mesquita Photography

Foto: Alessandro Mesquita Photography

A rede de franquias Petisco Brazuca iniciou sua operação em 2013 e é a primeira do seguimento a se estabelecer nos Estados Unidos.

O sonho de empreender em um outro país faz parte do imaginário de muitos brasileiros, e o principal destino para realizar esse sonho são os Estados Unidos. Porém, o medo costuma tomar conta na hora de realmente decidir pela imigração. De olho neste mercado aquecido e ávido por novidades, o casal de empreendedores Vanessa Oliveira e Ricardo Rosa criou, em 2013, a Petisco Brazuca – primeira snack shop dos Estados Unidos, especializada em coxinhas.

A empresa foi originada com a missão de apresentar aos americanos a autenticidade da culinária de rua brasileira. “Nós pesquisamos muito antes de fazer esse mudança radical de sair do Brasil e vir empreender aqui. Depois de muito estudo, enxergamos uma grande oportunidade de apresentar e introduzir a coxinha na cultura americana, já que o frango é um alimento muito presente nos hábitos alimentares do país”, diz Vanessa.

O negócio, que começou na cozinha do apartamento do casal, vai na contramão do que vem acontecendo com grandes redes brasileiras, pois a Petisco Brazuca tem crescido a uma taxa de 30% ao ano e conquistou o paladar das gigantes Google, Nike, Samsung, New York Times, Amazon e WeWork. A empresa também recebeu, durante quatro anos consecutivos, o prêmio de “melhor coxinha dos Estados Unidos” pela Yelp.com, a maior rede social do mundo em avaliações de negócios locais.

“O fato de a empresa ter nascido nos Estados Unidos e iniciado sua operação on-line, ajudou-nos a compreender as demandas do mercado, sem que tivéssemos que fazer um investimento pesado, absorvendo custos operacionais para fazer o negócio crescer. Saímos do fogão do nosso apartamento para uma cozinha comercial e, em 2015, lançamos o primeiro aplicativo de delivery de coxinhas do mundo, o que nos ajudou a ganhar projeção e bons clientes. Nos primeiros meses, foram mais de 10 mil downloads e tudo aconteceu de forma orgânica”, complementa Ricardo.

Assim como Vanessa e Ricardo, outros empreendedores estão perdendo o medo e “aventurando-se” em terras norte-americanas. De acordo com os dados do Census/American Community Survey, 18,3% do número total estimado de brasileiros vivendo nos EUA são autônomos ou têm o seu próprio negócio. Na Flórida, 16,5% são donos da sua própria empresa, e New York, que é considerado o centro econômico da comunidade brasileira naquele país, tem, hoje, mais de 100 mil residentes, fator este que motivou a escolha do casal pela cidade.

Aproveitando o bom desempenho da empresa nos últimos anos, o casal de empreendedores fez um investimento de US$200 mil, pouco mais de R$700 mil, na construção de uma fábrica com capacidade produtiva de 1,5 milhão de unidades por mês, e na abertura da sua primeira loja no coração do Brooklyn, NY. Para 2019, pretendem finalizar a formatação do modelo de franquia e investir em uma linha de produtos congelados.

tag: alimentação, nova york,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.