Carrefour inaugura as primeiras lojas sem funcionários em São Paulo

Nas lojas do Carrefour o cliente entra, é identificado com código QR, escaneia cada produto e faz o pagamento pelo celular no aplicativo Meu Carrefour.

Carrefour inaugura as primeiras lojas sem funcionários em São Paulo
(Carrefour/Divulgação EXAME)

O Carrefour anunciou nesta sexta-feira (26), a inauguração de sua primeira loja totalmente automatizada no Brasil.

Com inspiração no modelo de negócios da Amazon Go, os estabelecimentos ficam dentro de condomínios, sendo um em São Bernardo do Campo e outro na cidade de São Paulo, no bairro do Brooklin.

Além disso, ambos ostentam o logotipo do Carrefour Express. Esse segmento da marca é formado por mercados pequenos e que se assemelham a uma loja de conveniência.

Como funciona?

Segundo a empresa, o cliente chegava ao local e usava o aplicativo Meu Carrefour. Assim, com o auxílio de um código QR na tela do celular, o cliente entra no endereço. Por fim, o código é lido por um totem na porta ou na catraca.

Para cada produto selecionado na prateleira e na geladeira do local, o código de barras deve ser digitalizado antes de ser colocado em uma sacola ou cesta. Um carrinho de compras virtual será criado e oferecido junto com outros produtos. Depois que o cliente finaliza a compra, ele pode pagar de qualquer lugar da loja por meio do aplicativo em seu smartphone.

Depois de concluir esta etapa, a pessoa precisa exibir o código QR no totem de entrada novamente para limpar a saída. O Carrefour afirma ter garçons nas contas do WhatsApp para responder às dúvidas dos clientes, aumentando ainda mais a distância social proporcionada por essas lojas.

O mecanismo de escanear cada produto e pagar pelo aplicativo não é estranho ao Carrefour. Desde meados de 2018, a French Market Network possui uma loja própria. A loja permite aos clientes fazer compras de forma semelhante. Além disso, a empresa afirma ter atualmente 40 endereços compatíveis com Scan & Go.

O que difere as duas novas lojas para as dezenas de locais já existentes é a presença de um caixa tradicional na frente do endereço. Neles, clientes que compraram pagando pelo aplicativo precisam fazer uma rápida conferência com um funcionário que libera a saída, geralmente em uma fila especial e que não passa pelo atendimento tradicional.

LEIA TAMBÉM: Carrefour Brasil compra Grupo BIG por R$ 7,5 bilhões

tag: amazon go, Carrefour, Carrefour Brasil, Carrefour Express, loja sem funcionários, são paulo,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.