Carta aberta sobre condições de trabalho faz com que empresa demita jovem, você se identifica?

Ouvimos desde de criança que precisamos trabalhar para nos sustentar e ter nossas coisas. Mas, na prática, não precisa mais do que alguns meses para perceber que o salário não é o suficiente para tudo que queremos e muitas vezes para o que precisamos.

Tudo fica ainda mais difícil quando precisamos ter despesas com moradia, e foi isso que aconteceu com Talia Jane, uma jovem americana que vivia sozinha, mas que conseguiu um emprego na Yelp/Eat24, uma empresa de recomendações online. Ela se sentiu injustiçada após perceber que para se manter teria que comer somente arroz o mês inteiro, pois o salário não dava para aluguel, transporte e a compra do mês. Então, decidiu fazer uma carta aberta ao CEO da empresa, Jeremy Stoppleman, publicada no Medium.

Na carta, a jovem de 25 anos relata as dificuldades para sobrevivência com um salário de US$ 8,15 por hora, em que 80% seriam para o aluguel. “O restante não daria para alimentação, internet, telefone e transporte, por exemplo”, disse. Ela mostrou sua decepção com a vida adulta e o mercado de trabalho. “Então aqui estou eu, 25 anos de idade, equilibrando todos os tipos de dívidas e tentando ter uma vida que não inclua chorar na banheira a cada semana. Todos os meus colegas de trabalho estão lutando. Eles estão arranjando empregos paralelos, estão vivendo dentro de casa. Um deles começou uma campanha no GoFundMe porque não podia pagar o aluguel”, contou.

Infelizmente Talia foi demitida no mesmo dia, mas o desabafo valeu a pena: dois meses depois a empresa aumentou o salário dos colegas e as condições de trabalho, segundo notícia do BackChannel.

Em inglês, a carta aberta pode ser lida aqui.

tag: carta aberta, jovem desabafa e é demitida, Yelp/Eat24,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.