CEO da Netflix afirma que serviço vai continuar sem anúncios

Apesar da pressão dos investidores em aumentar a receita, CEO já declarou que não terá publicidade no serviço
CEO da Netflix afirma que streaming continuará sem publicidade

Reed Hastings, CEO da Netflix, anunciou que o streaming vai permanecer sem publicidade, apesar da pressão dos investidores. O comunicado foi feito nesta terça-feira (21).

Durante uma teleconferência sobre resultados da empresa, Reed Hastings afirmou que não há “dinheiro fácil” em um negócio de publicidade online que precisa competir com empresas como Google, Amazon e Facebook. Ainda de acordo com informações, o tanto que a Netflix poderia arrecadar com publicidade chega a 1 bilhão de dólares por ano.

Um dos argumento de Hastings é que, como as três gigantes integram muitos dados, é um desafio “roubar a publicidade” delas. O CEO ressaltou que o modelo de negócio da empresa é “focada apenas no streaming e na satisfação do cliente”, e que a decisão de não entrar no negócio de publicidade tem vantagens, como não fazer parte da controvérsia de coletar dados pessoais dos seus usuários.

Sobre os dados, a Netflix rastreia apenas as visualizações do usuário para conseguir identificar, indicar conteúdos relacionados e deixando a tela personalizada para cada um. “Acreditamos que, com o nosso modelo, conseguiremos receita maior, lucros maiores e capitalização de mercado maior porque não temos a exposição a algo em que estamos estrategicamente em desvantagem”, concluiu o CEO.

Um dos motivos considerados para a pressão dos acionistas é o crescente surgimento dos streamings, como Disney+ e Apple TV+.

LEIA TAMBÉM:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *