Depois de teste inicial, Clubhouse distribuiu pagamentos a mais de 60 mil criadores de conteúdo

Os pagamentos no aplicativo são apenas um dos caminhos que o Clubhouse planeja explorar para gerar receita para os criadores e, a longo prazo, para si mesmo.

Depois de teste inicial, Clubhouse distribuiu pagamentos a mais de 60 mil criadores de conteúdo
Reprodução

Desde o seu lançamento em um teste no início deste mês, o Clubhouse está expandindo rapidamente seus métodos de pagamento. Esse é o primeiro recurso de geração de receita para criadores de conteúdo.

No início de abril, o Clubhouse declarou que permitiria a um “pequeno grupo de teste” de criadores a aceitarem pagamentos de seus fãs e apoiadores por meio do aplicativo.

O Clubhouse apontou que essas quantias serão 100% doadas aos criadores. Ademais, a empresa disse que embora o teste só tenha começado com 1.000 usuários, o aplicativo já iniciou pagamentos para 60.000 usuários nos Estados Unidos neste fim de semana. Portanto, a empresa espera poder fornecer o recurso a todos nas próximas semanas.

O aplicativo está se desenvolvendo em ritmo rápido. Por isso, agora está sendo desafiado por outras empresas, como Twitter, Facebook, Spotify, Reddit, Discord e até mesmo LinkedIn.

Relacionamento com Criadores de Conteúdo

Ao oferecer pagamentos mais rápidos, o Clubhouse pode reter melhor seus principais criadores. Já que, de outra forma poderiam ser influenciados a abandonar o barco para um aplicativo rival com um alcance mais amplo.

O cofundador Paul Davison destacou que, após o início do teste inicial, 66.000 criadores puderam ser pagos neste fim de semana. Para enviar um pagamento, o usuário pode acessar o perfil do criador e clicar no botão “Enviar dinheiro” na parte inferior.

Isso abrirá uma tela solicitando a inserção de um valor como $5, $10 ou $20, ou você pode preencher seu próprio valor. Este recurso foi desenvolvido por Stripe e atualmente requer um cartão de débito ou crédito para usá-lo.

Davidson mais uma vez destacou que o criador receberá todos os pagamentos enviados pelos usuários. Além disso, as taxas pagas pela troca serão pagas por seu parceiro Stripe.

Ele também acrescentou que, mesmo que seu perfil contenha o recurso, os usuários não devem enviar pagamentos a funcionários do Clubhouse como ele. Embora ele não tenha especificado o motivo, o motivo tem a ver com a forma como as compras no aplicativo na App Store funcionam.

LEIA MAIS: Pão de Açúcar dispara 9% com mercado avaliando ação como barata

tag: clubhouse, criadores de conteudo, influencers, pagamentos,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *