Empreendedores apostam em emojis e faturam R$ 2 milhões

ArtigosEmpreendedorismo

abr 15, 2016

0

Que atire a primeira pedra quem nunca mandou um emoji ou emoticon na internet. Nos últimos anos, mandar figurinhas, principalmente no formato de rostos com sorrisos têm sido sinônimo de simpatia e encarado como uma forma de se expressar em uma mensagem. Foi observando esta mania os empreendedores tiveram a ideia de um negócio.

Charles já estava no comércio virtual comercializando capas personalizadas para celulares. (Divulgação)

Charles já vendia capas personalizadas para celulares. (Divulgação)

Charles Simão já estava na área de vendas pela internet através da Print4me, fabricante de capas personalizadas para celulares, então amigo Marcelo Abrita o chamou para abrir uma empresa, captaram investimentos com Rafael Rocha e, com a ajuda de mais um sócio, Bruno Scolari,  fundaram a FofoStore, pouco antes do natal de 2014. Era a época perfeita para este tipo de presente e o estoque da empresa ficou esgotado! Visando maior expansão da marca, a equipe investiu nas lojas físicas e conseguiu três pontos de venda entre Minas Gerais e São Paulo e mais de 100 revendedores, além da loja virtual. O resultado? Faturamento de R$ 2 milhões no primeiro ano da empresa.  Confira nossa entrevista com Charles Simão, fundador da FotoStore:


O que faziam antes do empreendimento?
Eu já era empreendedor (fundou a empresa Print4me), Marcelo é formado no ITA e trabalhava em banco de investimentos, já Bruno era engenheiro na Vale.

O que foi necessário para colocá-la em prática? A aceitação do mercado foi imediata?
Foi necessário desenvolver fornecedores e produtos e o aporte financeiro de um investidor. Como os emojis já são bem conhecidos pelo público, a aceitação foi imediata no Natal de 2014, quando começamos a operar.

Quais são os produtos vendidos atualmente?
Atualmente temos 17 modelos de pelúcias e sete modelos de chaveiros e estamos introduzindo mais oito linhas de produtos nos próximos meses.

Emoticon_2

Almofadas imitam emojis da internet. (Divulgação)

Tiveram dificuldades no início? Como superaram?
Sim, empreender no Brasil é sempre difícil. Empreender é superar dificuldades. Esse é o nosso trabalho. Superamos com trabalho em equipe e muita dedicação.

Quais são os planos para o futuro?
Aumentar substancialmente nossa linha de produtos e captar mais investimentos para uma expansão ainda mais acelerada.

Qual sua mensagem para os empreendedores que estão iniciando carreira?
Forme uma boa equipe. Um bom time motivado é tudo.

tag: almofadas de emojis, Charles Simão, emojis, empreendedorismo, Entrevista, fofostore, Print4me,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.