Estudo comprova que contratar mulheres gera mais lucro para empresa




Um estudo da Peterson Institute for International Economics divulgado na quarta-feira, 10, comprovou que ter mulheres em cargos de liderança gera mais lucros para uma empresa. Para chegar a este resultado o instituto consultou um banco de dados de 22 mil companhias abertas em 91 países.

Em um momento em que a igualdade de gênero e a diversidade em grandes companhias como Google e Yahoo estão em alta, a pesquisa vem a confirmar esta tendência. No entanto, os dados também mostraram que falta muito para que isso aconteça, pois cerca de 60% das empresas analisadas não possuem mulheres em seus conselhos e mais de 50% não têm executivas mulheres no topo da hierarquia. O resultado apurado foi de que menos de 5% das companhias têm um CEO mulher.

Ainda de acordo com a Peterson Institute for International Economics, as empresas que aumentaram a presença de mulheres em até 30% em cargos de alta hierarquia viram, em média, um crescimento de 15% após as contratações.

O estudo mostrou que companhias dos Estados Unidos possuem 12% de mulheres em assentos de seus conselhos e 16% no C-level, os cargos de alta hierarquia. Na diversidade de gênero, as companhias norueguesas são as que mais praticam, pois 40% têm mulheres nos conselhos e 20% no C-level. O instituto ainda afirmou que, de acordo com a análise, não adianta apenas colocar mulheres no cargo de chefia, mas também aumentar o efetivo feminino em toda empresa. “No longo prazo, o que é mais importante para alcançar a diversidade não é fazer isso por decreto. É realmente investir em políticas de educação, de não discriminação, por exemplo”, disse ao jornal The New York Times o diretor de estudos da Peterson, Marcus Noland.

tag: feminino, funcionarios, gestao, lucros, mulheres, mulheres na liderança, mulheres no poder, poder, quadro de funcionarios, sucesso,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.