Exemplo: vendendo churros a R$ 1 por 7 anos, mulher conclui faculdade de Direito

Cursar e terminar uma faculdade, sem dúvidas não é fácil. Além de conciliar os estudos com o trabalho, pagar as altas mensalidades exige muito sacrifício.

No entanto, para realizar o sonho de ser uma advogada, uma moradora do Distrito Federal vendeu churros a R$ 1 na rodoviária de sua cidade por sete anos.

Aos 46 anos, Maria Odete da Silva foi destaque no G1, onde contou sua história. Tendo perdido a mãe quando criança, ela começou a trabalhar como empregada a doméstica aos 12 anos, depois na colheita de algodão e amendoim, e também ajudou na loja de calçados do irmão.

Mas, para ter mais independência, Maria Odete comprou seu carrinho de churros e decidiu trabalhar por 12h, vendendo o doce a R$ 1 para cumprir suas metas.

Maria Odete conquistou o diploma de Bacharel em Direito e quer prestar concurso para Promotoria. (Reprodução)

Maria Odete conquistou o diploma de Bacharel em Direito e quer prestar concurso para promotoria. (g1)

Primeiro, concluiu os estudos no Ensino para Jovens e Adultos, depois, entrou para o curso de Direito, onde cursou por sete anos e acaba de se formar. Ela também usou o dinheiro ganho com os churros para pagar escola particular aos filhos.

Em momentos de dificuldades, ela passou um semestre sem pagar a faculdade, mas não desistiu. Agora os planos são a aprovação na OAB e trabalhar na Promotoria Pública.

Alguém tem dúvidas de que ela consegue?

 

tag: mulher vende churros par pagar a faculdade,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *