Faça o cliente se sentir especial nos 2 primeiros minutos da venda

Faça o cliente se sentir especial nos 2 primeiros minutos da venda e você terá uma boa vantagem em relação aos seus concorrentes.

você tem apenas 2 minutos para conseguir conquistar do cliente em potencial 2 sensações que será absolutamente fundamentais para que ele compre de você.

A primeira sensação é a da simpatia. Quando você sorri para o cliente, é gentil, usa frases educadas e demonstra sinceridade, o cliente automaticamente pensa:

– “Que pessoal legal”

Nesse exato momento você abriu a mente do seu cliente para que ele ouça com empatia o que você tem a dizer.

Faça o cliente se sentir especial nos 2 primeiros minutos da venda e você terá uma boa vantagem em relação aos seus concorrentes.

A segunda sensação que precisamos conquistar de nosso cliente é a do conhecimento. No inicio da venda, quando você começar a falar do produto, o cliente decidirá se você é um expert no que faz ou um profissional comum. Na verdade, a segunda sensação que buscamos conquistar da mente do cliente é a seguinte:

– “Esse entende do assunto”.

Nesse momento o cliente está tendo a certeza de que você é uma pessoa preparada para ajudá-lo a comprar.

Existe uma história que exemplifica bem o que estou mostrando nessa tese de fazer o cliente se sentir especial nos 2 primeiros minutos. Certa vez, um amigo, diretor de marketing de uma grande empresa, saiu com seu filho de 17 anos em um Sábado pela manhã para comprar um terno para a formatura dele. Vejam o depoimento dele:

– Na primeira loja que entramos, a vendedora estava com tanta má vontade que se não fosse a necessidade que meu filho tinha, eu era capaz de ter voltado para casa. Por isso, tive que seguir adiante e fui para a segunda loja. O vendedor até foi um pouco mais atencioso, mas disse que era difícil achar uma roupa para o tamanho de meu filho. Quando demonstrou os produtos, não disse nada que ajudasse. Por fim, entramos na terceira loja. Ali, um vendedor sorridente e acolhedor (essa é a palavra certa) veio até nós, recebeu-nos com um sorriso sincero e perguntou no que poderia ajudar.
Disse que queria ver um terno para meu filho e ele perguntou se era para alguma ocasião especial. Disse que era a formatura dele. O vendedor de pronto deu os parabéns para meu filho e perguntou de que era a formatura, o que meu filho respondeu que era do 2º grau, Ele disse algo simpático como “uma etapa importante vencida” e que iria mostrar a nova coleção de ternos que ele havia recebido, que estavam lindos. Nesse mesmo instante, meu filho de apenas 17 anos olhou pra mim e disse: “Pai, é aqui que eu vou comprar”. Isso que ele não tinha visto nenhum terno ainda.

Do livro “O Vendedor DIAMANTE” do autor Eduardo Tevah.

Você pode adquirir o livro pelo link: http://a-magia-do-mundo-dos-negocios.rds.land/combovendas

Livro O vendedor diamante

Confira outros artigos do mesmo autor clicando aqui.

tag: eduardo tevah, vendedor, vendedor diamante, vendedora,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *