Facebook atinge pela primeira vez US$ 1 trilhão em valor de mercado nos EUA

O Facebook saltou mais de 4% e fechou com uma capitalização de mercado acima de US $ 1 trilhão, após Tribunal Federal de Washington rejeitar caso anti-truste contra a empresa.

Facebook atinge pela primeira vez US$ 1 trilhão em valor de mercado nos EUA
Reprodução

O mercado de ações dos EUA bateu recordes na segunda-feira, 28, impulsionado por uma vitória judicial do Facebook e ampla força em ações de tecnologia.

O S&P 500 subiu 0,23%, para 4.290,61, em seu terceiro fechamento consecutivo, enquanto o Nasdaq subiu 0,98%, para uma alta de fechamento de todos os tempos de 14.500,51.

O Dow Jones Industrial Average , no entanto, caiu 150,57 pontos, para 34.283,27, à medida que os estoques de energia e transporte ficaram sob pressão.

 As ações da Apple e da Salesforce subiram mais de 1%. No entanto, o grande destaque entre as empresas de tecnologia foi o Facebook, que saltou mais de 4%.

Caso Anti-Truste do Facebook

O Tribunal Federal de Washington rejeitou na segunda-feira a queixa antitruste da Comissão Federal de Comércio contra o Facebook. No processo, o tribunal afirma que a FTC não provou que o Facebook mantém o monopólio.

Portanto, esse ocorrido fez com que a empresa terminasse o dia com uma capitalização de mercado acima de US $ 1 trilhão. Além disso, essa é a primeira vez que a empresa atinge esse número desde sua fundação em 2004.

A alegação é que a empresa comprou, concorrentes como WhatsApp e Instagram por US $ 19 bilhões, violando as leis antitruste do país e se tornando um monopólio das mídias sociais. As autoridades descobriram que essas compras podem ter prejudicado os concorrentes.

O caso causou preocupação entre os investidores, pois poderia impedir a aquisição do Instagram e do WhatsApp.

James Boasberg, juiz  do Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito de Columbia, disse que uma das razões para essa decisão foi que os promotores estaduais demoraram a abrir processos na justiça, referentes às compras do Instagram e do WhatsApp ocorridas em 2012 e 2014, respectivamente.

O tribunal agora dá 30 dias para os promotores apresentarem novas queixas contra a empresa.

A rede social foi a primeira empresa criada a partir de 2000 a chegar à marca. Dessa forma, se tornando a mais jovem empresa do “clube do trilhão americano”.

 “Estamos satisfeitos que as decisões de hoje reconheçam os defeitos nas reclamações do governo contra o Facebook. Competimos de forma justa todos os dias para ganhar o tempo e a atenção das pessoas e continuaremos a fornecer ótimos produtos às pessoas e empresas que usam nossos serviços”

afirmou o porta-voz do Facebook ao jornal The New York Times. (COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS)

LEIA TAMBÉM: Com ‘dúvidas’ sobre capacidade financeira, Madero prepara IPO

tag: Eua, FACEBOOK, mercado, mercado financeiro, Nasdaq, valor de mercado,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.