Franquia inova ao vender asfalto para pequenas obras e já conta com 72 unidades

Comprar um saco de asfalto para pequenas obras parece algo distante da realidade brasileira. Enquanto nos Estados Unidos e em outros países esse tipo de produto é vendido em lojas de materiais de construção, por aqui o mercado ainda está restrito a especialistas, como engenheiros de concessionárias de rodovias. De olho nessa lacuna, o empresário Jorge Coelho vislumbrou a oportunidade de desenvolver o segmento no Brasil. “Enxerguei esse nicho da bricolagem, do ‘faça você mesmo’, nos Estados Unidos. O desafio foi fazer um produto para varejo que atendesse às normas rodoviárias nacionais”, conta.

Com a mão na massa, em 2001 ele ergueu a Único Asfaltos e inovou ao fabricar em larga escala a primeira mistura asfáltica 100% nacional, que pode ser aplicada a frio sem a necessidade de equipamentos específicos, por exemplo. Estocagem por dois anos e facilidade para uso em pequena escala engrossam a lista de vantagens que garantem a competitividade do produto.

Após anos de estudo, o caminho encontrado para expandir o negócio foi o modelo de franquias, com o objetivo de facilitar a entrada de empreendedores em um segmento ainda restrito. “Criamos manuais específicos para franqueados que nunca tiveram contato com o setor de infraestrutura”, destaca. Assim como a experiência lá fora e a descoberta de tecnologias contribuíram para que Coelho desbravasse esse universo fechado a profissionais que conhecem profundamente o mercado, a franquia surgiu com o intuito de mostrar como o asfalto pode ser fácil de aplicar e mais econômico que concreto. “Quero simplificar e desmistificar esse mundo”.

Tamanho empenho tem proporcionado à empresa bons frutos desde que a marca passou a operar como franquia, em 2014. Só para ter uma ideia, a Único Asfaltos faturou R$ 56 milhões em 2015 e estima crescimento de dois dígitos, com projeção de chegar ao fim de 2015 com faturamento na casa dos R$ 82 milhões. A expectativa é de fechar este ano com 176 operações, mais que o dobro da quantidade registrada no ano passado. Hoje, a marca está com 72 unidades em todos os Estados brasileiros, sem contar uma franquia na República Dominicana e outra na Colômbia, além de uma operação própria em Miami, nos Estados Unidos.

Empresário faturou R$ 56 milhões em 2015. (Divulgação)

Empresário faturou R$ 56 milhões em 2015. (Divulgação)

Para quem vai se tornar franqueado, o aporte inicial é de R$ 270 mil, incluindo taxa de franquia (por um contrato de 10 anos), aluguel de equipamento e capital de giro. Há perspectiva de retorno do investimento no prazo de até sete meses, com faturamento médio mensal de R$ 150 mil. Os potenciais clientes incluem prefeituras, concessionárias de rodovias, empreiteiros, estacionamentos e até mesmo condomínios residenciais. “Nós resolvemos uma lacuna logística porque o que existe no mercado são usinas superlativas e, hoje em dia, as prefeituras não têm dinheiro para comprar grandes quantidades. Por isso, o franqueado tem a oportunidade de atender bem os consumidores que precisam de pequenas quantidades”, defende o executivo.

Apaixonado pelo que faz, o empresário diz que uma das principais oportunidades do negócio é desenvolver obras menores, por meio de um asfalto ecológico com qualidade permanente. “Vivemos em um país rodoviário, onde o asfalto é ruim. O que não está construído terá de ser construído”, afirma. Os benefícios se estendem aos consumidores, afinal o produto é vendido em sacos de 15 quilos – que custam R$ 20 – ou a granel, vendido por R$ 300 a tonelada. É possível, por exemplo, asfaltar a calçada ou mesmo tapar um buraco.

tag: cimento para asfalto, Entrevista, franquia de asfalto, inovação, Jorge Coelho, negócios, Unico asfaltos,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.