Fundadores do Google deixam comando da empresa

Larry Page e Sergey Brin anunciaram que vão sair da chefia do Google e deixá-lo nas mãos de Pichai Sundar

A terceira maior empresa do mundo agora terá um novo comando. A Alphabet, holding detentora do Google e de outros negócios de tecnologia (Sidewalk Labs, Waymo e Calico), vai sair das mãos de seus fundadores, Larry Page e Sergey Brin. Ambos eram CEO e presidente da Alphabet, respectivamente.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (03/12). Com a renúncia da dupla mais bem-sucedida do mundo, quem entra para chefiar a holding é o engenheiro indiano e atual CEO do Google, Pichai Sundar.

“Não há ninguém em quem tenhamos confiado mais desde a fundação da Alphabet, e ninguém melhor para liderar o Google e a Alphabet rumo ao futuro. Sundar traz humildade e uma profunda paixão por tecnologia para nossos usuários, parceiros e funcionários, diariamente”.

Apesar de se afastarem, os dois ainda equivalem a 51% dos votos nas decisões da empresa devido à ações especiais que os dois têm na Alphabet. Eles se manterão como funcionários e no conselho administrativo.

Os motivos não ficaram tão claros, mas segundo comunicado oficial, “com a Alphabet agora bem estabelecida, e com Google a as ‘Outras Apostas’ operando efetivamente como companhias independentes, é o momento natural de simplificar nossa estrutura de gestão. Alphabet e Google não precisam mais de dois CEOs e um presidente”.

Infância difícil

Pichai e o jogador Messi/Foto: Divulgação

Pichai Sundar na verdade é Pichai Sundararajan. Nascido e criado em Chennai, uma pequena e humilde cidade indiana, o mais novo chefão do Google não teve uma infância tão fácil. Viveu sem televisão, cama e nem geladeira. Aos doze, sua família teve o primeiro telefone.

Ao jornal The New York Times, contou em 2018 as duras marcas que a fase deixou na vida. “Quando eu era pequeno, enfrentamos um período de seca. Ainda hoje, não consigo dormir sem uma garrafa de água ao lado da minha cama”, detalhou Pichai.

Sua trajetória para a terceira maior empresa do mundo começaria a partir de uma carta de recomendação. Seu orientador, na época, o recomendou para o mestrado em engenharia e ciência de materiais na Universidade Stanford. Com esforço, conseguiu desembolsar os custos para os Estados Unidos.

Sundar começou no Google em 2004, como gerente de desenvolvimento do Toolbar. Conforme os lançamentos de novos produtos e serviços, ele foi evoluindo na empresa, conquistando a sucessão naturalmente do Google e da Alphabet.

LEIA TAMBÉM:

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.