Futuro do trabalho: quais as tendências?

Descubra como o futuro do trabalho irá mudar e as tendências de um novo perfil profissional: remoto e freelancer, e como nos prepararmos para o cenário pós pandemia.

Futuro do trabalho: quais as tendências?

Faz parte da natureza humana saber o que nos aguarda futuramente e essa necessidade se intensifica mais em um cenário incerto como o pandêmico. As transformações acontecem a todo o momento, principalmente no âmbito profissional. Por isso, é de extrema importância para aqueles que pretendem ter sucesso na carreira se manter atualizado nas tendências que indicam o futuro do trabalho.

Pensamento ágil, Comprometimento e Adaptabilidade prometem ser as palavras mais utilizadas no contexto profissional. Inclusive, essa é uma tendência que já vem aparecendo em muitas empresas. Timidamente ou não, organizações já iniciam sua corrida contra o tempo para saírem à frente da concorrência e se adaptarem o quanto antes.

Trabalho a Distância

Segundo uma pesquisa do relatório anual da Workana , o trabalho à distância continuará em alta em um cenário pós pandemia. Além disso, os profissionais terão acesso a oportunidades fora de seu estado/país. Já que, 84,2% dos gestores pretendem promover o trabalho remoto no pós-pandemia. 

As empresas economizam despesas com o trabalho remoto. Principalmente, quando levamos em consideração os gastos com a manutenção do ambiente físico, água, café, lanches, internet e vale transporte. Estima-se que, no futuro do trabalho, 23,8% dos líderes consideram uma redução (ou será o fim) dos escritórios.

Apesar de ser uma discussão polêmica no meio corporativo, muitos identificam um aumento na produtividade das equipes, ou mesmo, que os times estão conseguindo realizar as entregas com a mesma qualidade feita antes no presencial. Como indica os dados da Workana, em que 16,1% dos líderes vão levar em conta para uma contratação a competência do profissional, independentemente de onde ele estiver.

Acima de tudo, ainda há profissionais que preferem o trabalho em Home Office. Já que, o mesmo permite a flexibilidade e facilita várias as questões, como a mobilidade urbana. Segundo a Workana, para 96,7% dos profissionais, poder trabalhar remotamente será um diferencial na hora de escolher um emprego;

E, por fim, um grande aprendizado da quarentena foi a praticidade das reuniões online, que se manterão, já que, segundo os líderes, 19,1% deles, muitas reuniões e eventos importantes serão online.

Habilidades

Em relação às habilidades necessárias aos futuros candidatos a empregos, o Fórum Econômico Mundial  e dados da Workana confirmam as soft skills que serão as mais requisitadas pelas empresas no futuro do trabalho.

Segundo gestores, eles afirmam que irão buscar profissionais com pensamento ágil focado em soluções (19,2%), que se adaptam rapidamente a mudanças (16,2%), colaboradores comprometidos –ownership– com suas responsabilidades (15,9%) e que sabem gerir seu próprio tempo e suas tarefas (13%)

Leia também: 5 erros comuns dos empreendedores iniciantes

tag: futuro do trabalho, habilidades, home office, pesquisa, soft skills, tendencias de negocios, trabalho,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.