Gigantes da tecnologia são acusadas de lucrarem com trabalho infantil

Notícias

dez 19, 2019

0
As empresas Google, Apple, Microsoft e Tesla foram citadas em um processo movido por 14 famílias congolesas

Gigantes da tecnologia e com valores de mercado que superam a marca de 1 trilhão de dólares, GoogleApple Microsoft, além da Tesla, foram citadas em um processo judicial movido por 14 famílias do Congo. A justificativa é de que essas e outras empresas podem estar se beneficiando de trabalho infantil realizado no país.

No processo, segundo o The Guardian, os autores citam que as empresas estão cientes de que a exploração de cobalto, material utilizado pela indústria tecnológica, é feita com trabalho infantil no país. O Congo é o maior exportador do minério, sendo responsável 60% do suprimento global do mineral utilizado na produção de baterias de íon-lítio utilizadas em smartphones, computadores e carros elétricos.

Vale destacar que, segundo a BBC, o preço do cobalto, também conhecido como “ouro azul”, vem aumentando nos últimos anos. Entre 2016 e 2018, o valor da tonelada do minério chegou a disparar de 26 mil dólares para 90 mil dólares.

Nos últimos anos, autoridades e órgãos internacionais como a International Rights Advocates vêm alertando para o número de mortes, principalmente de adolescentes, nas minas de extração. Segundo a Unicef, entre os trabalhadores há 40 mil crianças trabalham nas minas.

Ao The Telegraph, apenas a Microsoft se manifestou sobre o assunto. A companhia de Redmond informou que está comprometida com a compra de materiais de fontes responsáveis. A empresa comandada por Satya Nadella também informou que está atenta às denúncias.

*** Matéria publicada na Exame.

LEIA TAMBÉM:

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *