Google doa R$ 5,5 mi para ajudar no combate à fome durante pandemia no Brasil

O Google pretende ajudar mais de 7 mil famílias (35 mil pessoas), afetadas pela atual crise humanitária, em regiões Norte e Nordeste do país.

Google doa R$ 5,5 mi para ajudar no combate à fome durante pandemia no Brasil
Reprodução/Imagem: O Globo

A instituição de caridade da Google, a Google.org, anunciou nesta quinta-feira (8) que doará 5,5 milhões de reais para o Gerando Falcões.

A organização sem fins lucrativos é uma das principais entidades antes do combate à fome no Brasil. Portanto, por meio de doações, o Google.org apoiará diretamente a campanha “Corona no Paredão, Fome Não”.

A empresa irá doar cestas básicas digitais por meio de cartões e recarga de 150 reais por mês em cinco meses.

Segundo a empresa, a expectativa é ajudar mais de 7 mil famílias (35 mil pessoas) afetadas pela atual crise humanitária. O projeto irá atuar em 40 comunidades carentes das regiões Norte e Nordeste do país.

“Para o Google, é uma honra apoiar uma instituição comprometida com o Brasil como a Gerando Falcões e poder ser parte dos esforços para o combate à fome no País, especialmente no momento crítico que estamos passando”, afirma Fabio Coelho, presidente do Google Brasil, em nota.

De acordo com o grupo, desde a pandemia, o Google.org destinou mais de 12 milhões de reais para diversas iniciativas no Brasil que visam contribuir para a recuperação econômica e social do país.

Os projetos beneficiados pela Google.org no ano passado incluem mulheres em potencial do Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME); Transempregos ‘transformação; Conexão Educativa da Escola; ProtegeBR, plataforma de Olabi; e Instituto Vita Alere (Instituto Vita Alere) “Gráfico de Saúde Mental”.

Gerando Falcões

Gerando Falcões, uma organização social que atua dentro de estratégia de rede, em periferias e favelas.

Além disso, os projetos da entidade estão focados em esporte e cultura para crianças e adolescentes. Assim, como na qualificação profissional para jovens e adultos. Já que, o projeto acredita que a educação é o motor de geração de renda para famílias, inclusive egressos do sistema penitenciário.

O Gerando Falcões tem um modelo de gestão inspirado nos mecanismos de administração da Ambev, com metas, indicadores de performance, rituais de gestão, plano de carreira e gratificação para os colaboradores. Além disso, a entidade tem como princípio equilibrar um propósito incendiador, que nos move para a frente, com capacidade de gestão e busca de resultados a longo prazo.

LEIA MAIS: Apesar de pandemia, Brasil ganhou 11 novos bilionários em 2020

tag: doação, doações, fome, gerando falcoes, google, google.org,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.