Google pode sair do mercado de nuvem se não subir no ranking até 2023

Negócios

dez 20, 2019

0

A Alphabet está cobrando a Google. De acordo com o site The Information, a holding afirmou que, se o maior site de buscas do mundo não subir de posição no ranking em serviço em nuvem, não haverá mais investimentos.

A direção da Google tem até 2023 para ocupar o primeiro ou o segundo lugar, atualmente protagonizados pela Microsoft e Amazon, respectivamente. O buscador fica na terceira posição.

Entretanto, a Google afirmou ao canal CNBC que a informação não havia sido apurada e, por enquanto, não existe intenção de mudanças deste nível e tamanho no segmento de serviços em nuvem. O relatório financeiro da Alphabet mostrou que, no ano, sua receita foi de 8 bilhões de dólares; já a Amazon contabilizou 9 bilhões de dólares e a Microsoft teve uma estimativa de 4,3 bilhões de dólares.

Ainda de acordo com o Information, o descontentamento com a posição atual da Google estaria vindo de Larry Page, co-fundador da Alphabet. Para ele, a terceira posição é “inaceitável”. Apesar disso, a CFO Ruth Porat e o CEO Sundar Pichai apelaram para que a empresa continuasse investindo em nuvem.

LEIA TAMBÉM:

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *