Governo estuda medidas para aumentar crédito de empresários

ArtigosFinanças

abr 5, 2016

0




O governo está de olho nos impactos da crise nas pequenas empresas e tem estudado medidas para aumentar seu crédito e evitar o enfraquecimento.  Uma das alternativas seria liberação de mais recursos do compulsório e do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para este segmento.

Para as empresas que podem obter recursos do chamado microcrédito orientado, que tem taxas melhores e para o qual os bancos podem destinar até 2% dos chamados depósitos compulsórios (dinheiro que os bancos precisam obrigatoriamente depositar no Banco Central), a meta é ampliar de R$ 120 mil ao ano para R$ 360 mil o limite para o recurso.

Outra ação seria o valor dos empréstimos, que poderão subir de R$ 15 mil para R$ 30 mil por operação. Mais uma opção seria estimular que o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal coloquem mais recursos do FAT à disposição das micro e pequenas empresas. A ideia é ainda permitir que agências estaduais de desenvolvimento façam essas operações. Desta forma o governo reduziria o spread, já que atualmente grande parte destes empréstimos é feita com recursos do fundo captados pelo BNDES.

tag: aumento de credito, bndes, compulsório, empresários, emprestimos, Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), microempresas,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.