Idosos usam de apps modernos para renda extra, confira

Apesar de envolver tecnologia, aparato caracteristicamente de jovens, idosos têm aproveitado de aplicativos como Uber e Airbnb para oferecer seus serviços.

Além de complemento de renda, este tipo de serviço é uma forma de manter-se ativo e em contato direto com muitas pessoas, o que é extremamente recomendado na terceira idade.

Segundo dados levantados pelo jornal O Estado de S. Paulo,  a Airbnb, plataforma de hospedagem com aluguel de quartos ou apartamentos, das 70 mil acomodações brasileiras, 8 mil pertencem a anfitriões maiores de 60 anos.

Para o  diretor-geral do Airbnb do Brasil, Leonardo Tristão, mais de 50% dos anfitriões com mais de 60 anos são avaliados com nota máxima pelos hóspedes. “Costumam ser ainda mais receptivos e atenciosos do que a média – já alta – dos brasileiros”, disse à reportagem.

Este tipo de serviço extra realizado por aposentados sempre aconteceu, mas não de uma forma que envolvesse tecnologia. Hoje as opções são amplas, como por exemplo, tornar-se um motorista do Uber em algumas horas do dia com a facilidade do auxílio do aplicativo, não mais de forma extremamente regularizada e tendo que ficar horas e horas em pontos de táxi, como antigamente.

tag: idosos no airbnb, idosos no mercado de trabalho, idosos no uber, idosos renda extra, terceira idade airbnb, terceira idade e aplicativos, terceira idade renda extra, terceira idade uber,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.