Inteligência artificial confirma que Shakespeare não escreveu sozinho uma das suas peças mais famosas

DigitalTech

dez 4, 2019

0

Algoritmos revelaram uma hipótese, já difundida entre os teóricos, de que Shakespeare teve um coautor

Há algum tempo existe uma teoria de que o dramaturgo mais famoso do mundo, William Shakespeare (1564-1616), não escreveu suas peças sozinhos. E agora, ela foi confirmada.

A equipe do Instituto de Literatura da Academia Tcheca de Ciência, em Praga, por meio de inteligência artificial descobriu que a peça “Henrique VIII” – uma das mais famosas de sua carreira – realmente teve um coautor. Até então, a dúvida era se essa segunda pessoa era John Fletcher ou Philip Massinger.

Liderada pelo doutor em linguística Petr Plechác, eles alimentaram um algoritmo com outras obras de Shakespeare e Fletcher para que o software gravasse e entendesse como funciona o estilo de escrita de cada um. A partir disso, a peça “Henrique VIII” foi analisada verso por verso.

De acordo com os resultados, as duas primeiras cenas foram escritas por Shakespeare; as quatro seguintes foram feitas por Fletcher. Já as últimas seis foram desenvolvidas a quatro mãos, ou seja, por ambos os escritores. Já Massinger não foi identificado.

A hipótese dessa coautoria nas obras do dramaturgo nasceu lá em 1850, pelo pesquisador James Spedding. Na época, ele identificou alguns trechos que poderiam ser de Fletcher e, desde então, divide opiniões.

LEIA TAMBÉM:

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.