JBS paga quase US$ 1 bi por negócios de alimentos do Kerry Group

A Pilgrim’s Pride, controlada da JBS, assinou acordo para adquirir os negócios de alimentos do Kerry Group no Reino Unido e na Irlanda.

JBS paga quase US$ 1 bi por negócios de alimentos do Kerry Group
Reprodução

A JBS informou, na quinta-feira (17), que sua subsidiária Pilgrim’s Pride assinou um acordo para adquirir o negócio de alimentos do Grupo Kerry no Reino Unido e Irlanda.

“A operação fortalece a posição da companhia como uma das empresas líderes na indústria de alimentos na Europa”

disse o grupo de alimentos, em nota.

O negócio vem para reforçar a estratégia global da gigante dos alimentos brasileira, que recentemente também fez uma aquisição na área de carne suína na Austrália.

O valor da transação está próximo da marca de US $ 1 bilhão. Além disso, de acordo com a JBS, a diretoria da Pilgrim aprovou a transação no valor de mais de US $ 950 milhões (R$ 4,75 bilhões).

As marcas vendidas pelo Grupo Kerry incluem Denny, Richmond e Fridge Raiders. O presidente global da JBS, Gilberto Tomazoni, disse em comunicado que a aquisição fortalece a plataforma da empresa na Europa. Ademais, a compra também desenvolve a capacidade da emprsa em inovação para atender às necessidades dos clientes.

De acordo com a JBS, a aquisição inclui a Kerry Meats, líder na produção de carnes e produtos prontos para consumo no Reino Unido e Irlanda. Além disso, ela também inclui a Kerry Meals, líder na produção de alimentos prontos para consumo congelados e refrigerados em Reino Unido e Irlanda.

Essas empresas têm uma receita total de aproximadamente US $ 1 bilhão em 2020 e empregam mais de 4.500 funcionários

Ainda de acordo com a JBS, a aquisição está prevista para ser concluída no quarto trimestre de 2021 e está sujeita às aprovações regulatórias regulares para tais transações

Vivera

Ainda nesta quinta-feira, a JBS anunciou que concluiu a aquisição da Vivera, terceira maior produtora de produtos de base vegetal da Europa.

De acordo com a empresa, a Vivera oferece um amplo portfólio de produtos em mais de 25 países / regiões e tem operações relacionadas nos mercados holandês, Reino Unido e Alemanha. A transação inclui 3 unidades de produção e um centro de pesquisa e desenvolvimento na Holanda.

“Esta aquisição está em linha com a estratégia da Companhia de expandir seu portfólio de produtos de maior valor agregado e com marca e impulsiona a plataforma global de produtos plant-based da JBS, agregando conhecimento técnico e capacidade de inovação”, aponta a JBS em fato relevante. Em abril, o valor anunciado para a transação foi de 341 milhões de euros.

Há 10 dias atrás, a JBS assinou um acordo para adquirir 100% da Rivalea Holdings Pty Ltd e 100% da Oxdale Dairy Enterprise Pty Ltd, uma subsidiária da empresa alimentícia listada em Cingapura QAF Limited, por um valor de empresa de 175.000 dólares australianos (US$ 135 milhões).

Em comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa destacou que a Rivalea possui uma ampla linha de produtos em múltiplas categorias. Além disso, a empresa é líder na criação e processamento de suínos na Austrália e responsável por 26% dos suínos processados no país.

Segundo a companhia, a aquisição da Rivalea permitirá que a JBS aumente sua diversificação de produtos na Austrália. Além disso, a empresa poderá aumentar o volume de alimentos de maior valor agregado à base de carne suína na Primo. Enquanto abre novas oportunidades para a carne suína australiana nos mercados doméstico e exportação.

*Com informações Estadão Conteúdo

LEIA MAIS: Victoria’s Secret decreta fim de suas “angels” e aposta no empoderamento da mulher

tag: alimentos, JBS, Kerry Group, negócios de alimentos, plant based,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.