Não sou candidata a presidente nem filiada a partido, diz Luiza Trajano após iniciativa de vacinação

Luiza Trajano participou de uma entrevista coletiva nesta terça-feira (9) e afirmou que a intenção do “Unidos pela Vacina” não é comprar vacinas

Não sou candidata a presidente nem filiada a partido, diz Luiza Trajano após iniciativa de vacinação
“Não sou candidata a presidente nem filiada a partido”, diz Luiza Trajano após iniciativa de vacinação

Nesta semana, foi divulgada a iniciativa “Unidos pela Vacina”, que une o Grupo Mulheres do Brasil, liderado por Luiza Trajano desde 2013 e formado por mais de 75 mil mulheres em todo o país.

Desde então, a notícia vem ganhando repercussão nas redes sociais. Já que, a ideia é levar a imunização contra o novo coronavírus para todos os brasileiros até setembro deste ano.

No entanto, em entrevista coletiva nesta terça-feira (9), Luiza Trajano afirmou que o objetivo da iniciativa “Unidos pela Vacina” não é comprar vacinas. “Não vamos sair comprando vacina. O que estamos fazendo é perguntando onde o governo quer que a gente ajude. Se o problema fosse dinheiro, seria mais fácil”.

Além disso, após a reverberação da notícia do “Unidos pela Vacina”, Luiza Helena Trajano publicou uma nota nas redes sociais explicando que não é candidata a presidente do Brasil, nem filiada a nenhum partido político. A presidente do conselho do Magazine Luiza afirmou que defende a união da sociedade civil organizada.

O movimento “Unidos pela Vacina”

A inciativa surgiu algumas semanas após notícias sobre um grupo de empresários que se organizaria para comprar vacinas. A ideia seria imunizar os funcionários das empresas e doar uma parte das vacinas ao SUS. Desse modo, é uma forma de resolver os entraves da vacinação pública, apoiando o Sistema Único de Saúde.

O movimento planeja várias frentes. Uma delas é facilitar a aquisição e produção de insumos, como seringas e agulhas. Além disso, a iniciativa também planeja ajudar na fabricação dos imunizantes com auxílio na logística e solução de problemas da Fiocruz e do Instituto Butantan.

A Unidos pela Vacina pretende agilizar a vinda de vacinas e insumos par o Brasil, em um momento marcado pela escassez mundial de imunizantes. De acordo com a fundadora do Magazine Luiza, o grupo realizou uma reunião com os responsáveis pela vacina russa Sputnik V. O objetivo da conversa era entender quais são os obstáculos para a chegada da vacina russa, assim como fazer a ponte com o governo brasileiro.

Leia também: 3 habilidades de comunicação para se tornar um líder respeitado

tag: grupo mulheres do brasil, luiza trajano, magazine luiza, unidos pela vacina, vacina, vacinação,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.