Netflix fecha acordo com o cineasta Steven Spielberg

Steven Spielberg fechou um novo acordo com a Netflix em que sua produtora, Amblin Partners, fará vários filmes por ano para a gigante do streaming.

Netflix fecha acordo com o cineasta Steven Spielberg
Reprodução

Steven Spielberg, cineasta, fechou um novo acordo com a Netflix, em que sua produtora, Amblin Partners, produzirá vários filmes para a gigante do streaming.

Além disso, o diretor de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, busca esse tipo de parceria há muito tempo. Por isso, esta é uma grande vitória para a empresa.

Uma vez que, em um mercado cada vez mais competitivo, o Nteflix busca ser o mais popular na indústria de streaming. E, para isso, o diretor de cinema favorito pode ajudar a alcançar esse objetivo.

O acordo, anunciado na segunda-feira (21), não inclui especificamente nenhum filme a ser dirigido por Spielberg. Em dezembro, ele lançará “West Side Story” nos cinemas com o Disney’s 20th Century Studios. Além disso, Amblin tem um acordo separado com a Universal Pictures para lançamentos nos cinemas.

Amblin Partners

“Na Amblin, a narração de histórias estará para sempre no centro de tudo o que fazemos, e desde o minuto em que Ted e eu começamos a discutir uma parceria, ficou muito claro que tínhamos uma oportunidade incrível de contar novas histórias juntos e alcançar o público de novas maneiras”

Spielberg disse em um comunicado.

“Esta nova avenida para nossos filmes, junto com as histórias que continuamos a contar com nossa família de longa data na Universal e nossos outros parceiros, será incrivelmente gratificante para mim pessoalmente, já que embarcaremos nela junto com Ted, e mal posso esperar para começar com ele, Scott e toda a equipe Netflix. ”

Amblin, que leva o nome de um curta de Spielberg de 1968, ajudou a produzir uma grande variedade de filmes, incluindo “1917” e “Livro Verde”.

Além disso, as duas empresas já trabalharam juntas em séries de TV e no filme de Aaron Sorkin “The Trial of the Chicago 7”. Uma vez que, esse filme foi co-produzido por Amblin e foi vendido pela Paramount Pictures para a Netflix durante a pandemia.

Spielberg às vezes foi visto como contra um futuro de streaming para filmes. Uma manchete do Deadline Hollywood no anúncio de segunda-feira questionava: “O inferno congela?”

Spielberg e Serviços de Streaming

Mas Spielberg em 2019 argumentou contra a impressão anti-streaming associada a ele. Na época, circularam notícias de que Spielberg acreditava que os lançamentos em streaming – que ele comparou aos filmes feitos para a TV – deveriam disputar o Emmy, não o Oscar.

“Acredito firmemente que os cinemas precisam existir para sempre”

disse Spielberg naquele ano.

Ele esclareceu que a tela grande ou pequena, “o que realmente importa para mim é uma ótima história e todos deveriam ter acesso a ótimas histórias”.

“No entanto, sinto que as pessoas precisam ter a oportunidade de deixar o ambiente seguro e familiar de suas vidas e ir para um lugar onde possam sentar-se na companhia de outras pessoas e ter uma experiência compartilhada – chorar juntos, rir juntos, ter medo juntos – para que, quando acabar, eles se sintam um pouco menos estranhos”

escreveu Spielberg em um  e-mail para o New York Times . 

“Quero ver a sobrevivência dos cinemas. Quero que a experiência teatral permaneça relevante em nossa cultura. ”

 Embora a Netflix tenha dado exibições teatrais exclusivas de uma semana ou mais para alguns de seus lançamentos mais proeminentes, estúdios tradicionais como Disney e Warner Bros. adotaram modelos de lançamento mais híbridos que enviam filmes simultaneamente para serviços de streaming.

“Steven é um visionário e líder criativo e, como tantos outros ao redor do mundo, meu crescimento foi moldado por seus personagens e histórias memoráveis ​​que têm sido duradouras, inspiradoras e despertadoras”

disse Sarandos. 

“Mal podemos esperar para começar a trabalhar com a equipe Amblin e estamos honrados e emocionados por fazer parte deste capítulo da história cinematográfica de Steven.”

*Com informações da CNBC

LEIA TAMBÈM: Livro de Marcelo Baratella Mostra Como Criar e Recalcular Rotas para Chegar Ao Sucesso Em Vendas

tag: Amblin Partners, Netflix, Steven Spielberg, streaming,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.