“Neurônios artificiais” podem tratar Alzheimer e outras doenças

InovaçãoTech

dez 9, 2019

0
Chip de silício imita as respostas dos neurônios biológicos

Um pequeno objeto pode ser capaz de tratar uma das doenças mais degenerativas que existe. Também considerado como “neurônios artificiais”, o pequeno chip de silício desenvolvido por pesquisadores britânicos tem poder de ser a chave para o Alzheimer e outras doenças.

Projetado na Universidade de Bath, o chip consegue imitar as respostas dos neurônios biológicos quando ativados pelo sistema nervoso.

“Até agora, os neurônios eram como caixas pretas, mas agora conseguimos abri-las e espiar por dentro. Nosso trabalho está mudando de paradigma, porque fornece um método robusto para reproduzir as propriedades elétricas de neurônios reais em mínimos detalhes” ressaltou Alain Nogaret, líder do projeto, em um comunicado.

Após descobrir o que há por trás dos neurônios, foi possível desenhar um modelo que computasse essas informações, os “neurônios artificiais”. Basicamente, os cientistas reproduzem o que acontece nos neurônios respiratórios e do hipocampo — região do cérebro responsável pela formação e armazenamento de memórias.

Os testes foram realizados em ratos, mas os grupo responsável pretende, num futuro próximo, aplicar a tecnologia em humanos.

LEIA TAMBÉM:

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.