Os anjos estão por toda parte, como conseguir um? Por João Kepler

Muitos empreendedores têm dificuldade de encontrar um Investidor Anjo no Brasil ou até mesmo entender o momento de buscar investimento. O que, resumidamente, o empreendedor precisa saber é que ele deve se preparar muito antes de procurar um investimento. O ideal é apresentar sua ideia quando ela estiver, pelo menos, em estágio de validação ou pronta para se manter e crescer. Mas uma coisa é certa, o melhor momento para buscar investimento-anjo é quando você não precisa dele, isso porque não é somente dinheiro que conta nesta relação.

Além disso, uma boa equipe de founders e de desenvolvimento do projeto é fator fundamental para essa escolha: investidores-anjo investem em pessoas e não somente em negócios.

Pois bem, preparei cinco dicas para te ajudar na busca pelo Investidor Anjo para seu negócio

 

1) O que o investidor pergunta para o empreendedor?

Qual a oportunidade?

Qual é o problema que seu projeto irá resolver?

Qual a inovação? Quais são suas diferenças em relação ao que já existe?

Qual é a solução? Como seu negócio irá atender a esta necessidade?

Qual é o mercado? Qual é o perfil dos clientes?

Quais recursos? Quanto precisa de dinheiro, em quanto tempo e para quê?

Além de dinheiro, do que mais precisará?

Qual a receita estimada? Qual, como, em quanto tempo e de onde vêm o ganho e a monetização?

Quem são os players de mercado? Quem são os principais concorrentes diretos e indiretos?

Quais as hipóteses testadas? Quais as barreiras de entrada?

Qual o estágio do projeto? Inicial, protótipo, pronto, faturando?

Qual é o time? Descreva um pequeno histórico de cada sócio, principais atividades e participações no negócio.

 

2) Como fazer um pitch?

A receita para um bom pitch para investidor passa preferencialmente por essa ordem de slides: exposição do problema, a solução, mercado, concorrentes, modelo de negócio, demonstração, equipe, expectativas, investimento e um grandfinale/Encantamento.

 

3) Como conseguir Investimento-Anjo?

Não existe receita de bolo, mas dependendo do estágio do seu projeto existem alguns caminhos para encontrar este “patrocinador”, dependendo da situação de quem me pergunta. Alguns exemplos:

  • Se é apenas uma ideia na cabeça, procure por conhecidos e parentes, eles poderão ser seus anjos e/ou participe de eventos como o Startup Weekend.
  • Se é um projeto validado, mas ainda em desenvolvimento, procure prioritariamente por um empresário que tenha afinidade ou interesse no segmento do seu negócio (ele pode se transformar em um anjo) e/ou submeta seu projeto a uma aceleradora.
  • Se é um projeto que já pronto e que precisa de tração, venda seu serviço ou produto no mercado (os clientes serão seus investidores); Participe de eventos e demonstre o que você faz; Submeta à avaliação de anjos experientes para ter um “padrinho” ou quem sabe um Deal Leader, para uma captação de investimento. Faça a captação em uma Plataforma de Equity Crowdfunding.
  • Se é um projeto que tem escala, tração, está faturando e que precisa internacionalizar, procure um investidor sênior que possa te ajudar a fazer a ponte com rodadas maiores de investimento. Tenha em mente que investidores bem-sucedidos e qualificados têm TESES DE INVESTIMENTO definidas e/ou publicadas que filtram negócios e oportunidades e você deve primeiro verificar se o seu negócio se encaixa no que o investidor procura;
  • Dependendo do valor de sua startup no estágio mais avançado, procure diretamente um investimento seed ou Venture Capital.

 

4) Quanto tempo demora?

O processo para entrada de um investidor-anjo no seu negócio pode demorar três meses ou mais, que dura entre o interesse do investidor até a assinatura dos termos e o início dos aportes. Se você tem pressa, pode assustar o investidor, pois este tipo de investimento requer tempo para estabelecer uma relação de parceria e confiança mútua, ou pode simplesmente fazer ou falar ou conceder coisas de que possa se arrepender depois.

 

5) Quais as coisas importantes que o empreendedor tem que se preocupar?

  • Procure primeiro por um mentor para receber orientação. Esse mentor pode fazer o aporte de experiência e conexões com investidores no mercado;
  • Tenha um propósito definido, se possível até uma causa;
  • A oportunidade se abre para quem se abre para ela. Apareça nos eventos certos;
  • Mantenha uma interação frequente com investidores não somente para pedir dinheiro. Se torne um seguidor, antes de qualquer coisa;
  • A melhor hora de buscar um investidor é quando você não precisa imediatamente ou desesperadamente do dinheiro dele. Isso assusta! Neste caso, procure um outro tipo de financiamento ou banco;
  • Demonstre seu track record em negócios anteriores ou que seu negócio atual está maduro o suficiente para provar que vai dar certo;
  • Não fale demais, mantenha o “Semancol” em ótimo nível;
  • O investidor não entrará somente com o dinheiro, ele certamente vai participar das decisões e rumos do negócio – ofereça um assento no Conselho;
  • Valorize seu time, ninguém é tão bom ao ponto de fazer tudo sozinho;
  • Procurar por outros aportes além do dinheiro – aportes de experiência, conexões e mentoria;
  • Um investidor-anjo não investe em um ponto, mas sim em vários pontos – investe em uma barra de progresso na linha do tempo de um negócio;
  • Seja humilde e muito cuidado com a arrogância do sabe tudo.

A dica final que eu deixo é que investimento é uma relação de longo prazo e envolve riscos para ambas as partes, portanto, quanto mais ajustada e combinada, melhor.

 

joao

João Kepler Braga: 
Um dos palestrantes mais elogiados do Brasil, reconhecido como o mais sintonizado com a Inovação, com a Convergência Digital e com os desafios empresariais da atualidade;
Especialista em Vendas, e-commerce, Marketing, Empreendedorismo e Varejo;
Empreendedor Serial; Brand Evangelist; Escritor, autor entre outros títulos: [O Vendedor na Era Digital], [Vendas 3.0] e [Vendas & Atendimento];
Colunista de vários Portais no Brasil;
Investidor Anjo membro da @AnjosDoBrasil;
Finalista do prêmio Spark Awards da Microsoft como Investidor Anjo do Ano 2013 e 2014;
Associado e Mentor na @SeedInvestimentos;
Mentor e cotista nas Aceleradoras @StartYouUp e @85Labs;
Premiado como um dos maiores Incentivadores do ecossistema Empreendedor no Brasil em 2013 e 2014.
CEO da @PlataformaSDI uma das melhores Plataformas B2B de Event Ticketing no modelo SaaS no Brasil; Espalhador de Ideias Digitais e Melhores Práticas em Negócios.

tag: como conseguir investidor, conseguir investidores, investidor anjo como ter um, investimento no negocio,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.