Pfizer obtém mais de US$ 3,5 bilhões em receita nos primeiros três meses deste ano

A Pfizer afirmou que sua vacina gerou US $ 3,5 bilhões em receita nos primeiros três meses deste ano.

Pfizer obtém mais de US$ 3,5 bilhões em receita nos primeiros três meses deste ano
09/02/2021 REUTERS/Dado Ruvic/Foto ilustrativa

Na terça-feira (4), a Pfizer, empresa farmacêutica multinacional, anunciou a receita gerada nos primeiro trimestre de 2021.

Em 2020, durante a corrida para desenvolver uma vacina em tempo recorde, a Pfizer planejou lucrar com sua vacina.

Diferentemente de seus concorrentes, que prometeram abrir mão dos lucros de suas vacinas durante a pandemia de Covid-19.

A Johnson & Johnson e a AstraZeneca prometeram vender suas vacinas sem fins lucrativos durante a pandemia.

A vacina gerou US $ 3,5 bilhões em receita nos primeiros três meses deste ano, quase um quarto de sua receita total, informou a Pfizer. A vacina foi, de longe, a maior fonte de receita da Pfizer.

A Pfizer não divulgou os lucros obtidos com a vacina, mas reiterou sua previsão anterior de que suas margens de lucro com a vacina estariam na faixa dos 20%. Isso se traduziria em cerca de US $ 900 milhões em lucros com vacinas antes dos impostos no primeiro trimestre.

 A empresa espera que sua vacina gere US $ 26 bilhões em receita este ano, ante sua estimativa anterior de US $ 15 bilhões. 

A empresa tem assinado acordos de fornecimento com governos para que mais doses sejam entregues nos próximos anos, incluindo opções para o Canadá até 2024.

Discrepância de estoque entre países ricos e pobres

Surpreendentemente, há uma discrepância de estoque das vacinas entre países ricos e pobres. Um resultado que encontra-se em desacordo com a promessa de seu presidente-executivo de garantir que os países mais pobres “tenham o mesmo acesso que o resto do mundo” a uma vacina que é altamente eficaz na prevenção da Covid-19.

Segundo a OMS, em meados de abril, os países ricos haviam garantido mais de 87% das mais de 700 milhões de doses de vacinas Covid-19 distribuídas em todo o mundo, enquanto os países pobres haviam recebido apenas 0,2%.

Além disso, nos países ricos, cerca de uma em cada quatro pessoas recebeu a vacina. Enquanto, nos países pobres, o número é de um em 500.

A empresa não deixou explicito quanto está lucrando com a venda das vacinas em cada país.

Os Estados Unidos, por exemplo, estão pagando US $ 19,50 para cada dose. Já Israel concordou em pagar à empresa cerca de US $ 30 por dose. No entanto, em alguns casos, como a União Europeia, a Pfizer não divulgou seus preços.

LEIA TAMBÉM: WhatsApp permite envio de dinheiro para pessoas a partir de hoje

tag: covid-19, empresa farmacêutica, lucro, Pfizer, vacina, vacinação, vendas na pandemia,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.