PicPay aposta no empréstimo entre amigos e tem solução até para calote

PicPay cria recurso que permite empréstimos entre amigos ou parentes.

PicPay aposta no empréstimo entre amigos e tem solução até para calote
Imagem: Reprodução

No Brasil, é prática comum emprestar nomes para parentes e amigos, principalmente na comunidade. Assim, ao alavancar uma base de 48 milhões de usuários, o PicPay espera monetizar esse comportamento emitindo empréstimos entre amigos, um empréstimo P2P (pessoa para pessoa).

Esse recurso foi lançado inicialmente para a plataforma operacional inicial de 500.000 usuários e deve ser estendido a todos os usuários do aplicativo nos próximos meses. Além disso, a solicitação de empréstimos será apenas para pessoas na lista de contatos do usuário.

Segundo Eduardo Chedid, vice-presidente de serviços financeiros do PicPay, a maior parte desses empréstimos ocorre de maneira informal no país hoje. Assim, a ideia do aplicativo é trazer a formalização para esse mercado.

“Ao usar a funcionalidade é automaticamente gerado um contrato entre duas pessoas.  O PicPay se responsabiliza pelas interações. Não é o amigo que vai mandar mensagem dois dias antes cobrando o pagamento do valor. Somos nós que vamos fazer isso de forma amigável e estruturada, antes e depois do vencimento”, afirma Chedid para a EXAME.

Em caso de “calote”, o aplicativo também estará pronto para agir, mas a PicPay afirmou que oferece apenas apoio operacional à operação.

“Temos estrutura jurídica para negativar a pessoa, caso seja necessário. Só não iremos disponibilizar isso de forma automática. Como é uma relação delicada, entre amigos, quem empresta terá de nos procurar para contratar o serviço.”

“Se o usuário precisar de 500 reais em dois meses, faz muito mais sentido recorrer a um amigo. É um modelo mais flexível que o banco não alcança. Já para valores maiores, faz mais sentido, naturalmente, buscar um crédito pessoal”.

No início, o portfólio de ativos digitais e o mercado de serviços financeiros cobrarão uma taxa promocional de 0,10% do valor do empréstimo para transações proxy, mas essa taxa mudará com o tempo. A taxa de juros do empréstimo será negociada por ambas as partes.

Como utilizar o novo recurso no aplicativo do PicPay?

Para utilizar a modalidade de crédito no PicPay é preciso clicar em “Meu saldo” no app, e depois em “Adicionar” e “Peça para um amigo”. Além disso, outro caminho é clicar em “Empréstimos e escolher a modalidade “Empréstimo entre amigos”.

A proposta será personalizada. Por exemplo, quem ficou desempregado durante a pandemia e quer emprestar dinheiro a amigos ou parentes para cursos de atualização desenvolveram uma proposta na qual haverá espaço para explicar o motivo do empréstimo, o valor, o prazo de pagamento e os juros, e você pode pagar a linha de crédito.

Dessa forma, depois cabe aos amigos ou parentes decidir se aceitam as sugestões recebidas. Antes da aprovação, você pode negociar certas condições, como juros. Tudo na plataforma.

LEIA MAIS: Nuvemshop recebe R$ 500 milhões e se prepara para crescer 20 vezes em cinco anos

tag: banco, banco digital, banco virtual, bancos na internet, empréstimo, picpay,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.