PicPay começa a oferecer crédito pessoal para se consolidar como marketplace financeiro

O PicPay passou a oferecer crédito pessoal em sua plataforma, o que é uma nova etapa para se consolidar como um marketplace financeiro.

PicPay começa a oferecer crédito pessoal para se consolidar como marketplace financeiro
Imagem: Divulgação

Nesta quarta-feira (24), o PicPay, aplicativo fintech brasileiro que funciona como uma carteira digital, anunciou que passará a oferecer crédito pessoal na sua plataforma. O objetivo é se consolidar como um marketplace financeiro.  

Em princípio, 14 milhões de clientes qualificados podem obter financiamento. Mas, os planos do Picpay é integrar outros serviços e modos na estrutura do aplicativo ao longo do ano.

O PicPay tem mais de 40 milhões de usuários cadastrados e é um canal de distribuição de produtos e serviços financeiros. Por isso, tem características de um marketplace financeiro.

Além disso, a união da experiência do aplicativo e da inteligência artificial fazem com que as linhas de crédito pré-aprovadas sejam mais confiáveis. Assim, facilitando a conversão dos usuários.

“O usuário do PicPay tem uma alta demanda de produtos de crédito e enxergamos que eles são complementares ao nosso portfólio de serviços financeiros. Além de ser um produto importante para o negócio, a oferta está em linha com o momento do mercado de concessão em alta e de taxas mais atrativas”, afirma o head de Crédito e Cartões da empresa, Frederico Trevisan.

Crédito Pessoal do Picpay

Além disso, toda a operação e gestão são feitas pelo próprio PicPay, otimizando e reduzindo o custo das instituições concessoras de crédito. A venda de empréstimos na plataforma facilita a vida dos parceiros.

Do lado do usuário, ele encurta o caminho e promove o uso de recursos. Desde o momento em que o cliente assina um contrato e recebe dinheiro na plataforma, ele pode utilizá-lo. O crédito pode ser usado para pagar contas, fazer transferências, consumir e quitar o dinheiro parado na conta. Até mesmo o parcelamento pode ser feito no próprio aplicativo.

“Quando o cliente consegue ter o cartão vinculado à carteira, consumir e ainda ter empréstimo em um lugar só, o PicPay se consolida como a principal wallet dele”, resume Trevisan.

Espera-se que à medida que outros jogadores ingressem na plataforma, eles sejam mais competitivos e, portanto, tragam preços mais baixos e melhores condições para os usuários do PicPay. Essa mudança também é um passo em direção ao banco aberto, e a promessa irá expandir e reduzir as oportunidades para consumidores e empresas fornecerem produtos financeiros.

LEIA TAMBÉM: Kit Kat lança loja online exclusiva da marca e programa de fidelidade

tag: aplicativo, credito, crédito pessoal, fintech, marketing financeiro, picpay,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *