Reis do YouTube: empresários monetizam conteúdo de influenciadores da internet

Nos últimos anos uma nova categoria profissional surgiu no mercado de trabalho. Trata-se dos YouTubers, que por consequencia, acabam sendo chamados de influenciadores da internet, devido ao alto impacto de sua mensagem, que pode chegar a milhões em menos de 24 horas. Há quem diga ser a profissão do momento, pois, afinal, quem é que não quer ganhar dinheiro fazendo o que gosta, necessitando somente de uma câmera, internet e criatividade?

Mas, não basta postar um vídeo para alcançar números de sucesso e conseguir uma rentabilidade. Visando este mercado de nicho surgiu a Coletive, uma empresa curitibana que uniu amigos de diversas áreas diferentes para monetizar o negócio de vídeos no YouTube. Leandro Kasan era professor de violão e estava envolvido no lançamento da sua escola de música online o Guitar Play Online, e no seu canal do YouTube onde lança músicas em violão FingerStyle.

Primeira cliente foi a Kéfera, que conta com 8 milhões de inscritos em seu canal. (Reprodução)

Primeira cliente foi a Kéfera, que conta com 8 milhões de inscritos em seu canal. (Reprodução)

A Lila B. Montalvão era farmacêutica concursada pela Prefeitura de Curitiba. Já Patríck de Cesar Francisco trabalhava como gerente em uma multinacional em São Paulo e Virginia Crema trabalhava como assessora de imprensa em uma assessoria em Curitiba. O mais envolvido no negócio era Ricardo Almeida que estava trabalhando como editor de vídeos freelancer e já tinha o trabalho de produtor do canal da Kéfera, a primeira e mais famosa cliente da Coletive, que tem quase 9 milhões de seguidores em seu canal, o 5incominutos. Hoje a Coletive conta com nomes como o humorista e apresentador Rafael Cortez, a cantora Sofia Oliveira e a ex-BBB Clara Aguilar.  A Magia do Mundo dos Negócios conversou com Virginia Crema, que contou um pouco mais sobre a Coletive:
Quais são os serviços oferecidos?

A Coletive é uma empresa de soluções para YouTube. Acreditamos no poder de influência de consumo proveniente desta rede social. Nossa missão é elevar a exposição e monetizar o conteúdo de nossos clientes.

Para influenciadores da Era digital, oferecemos alternativas de monetização através da criação e comercialização de produtos e infoprodutos além da gestão das redes sociais e serviços de produção e edição de vídeo.

Para empresas, oferecemos serviços de consultoria em YouTube, criação de mídia de conteúdo em vídeo e gestão dos canais sociais.

 Como surgiu a Coletive?

A Coletive surgiu em agosto do ano passado quando nos juntamos para fazer o e-commerce da Kéfera Bachmann e do canal 5inco Minutos e percebemos que poderíamos ofertar os mesmos serviços de monetização e produção de conteúdo para outros influenciadores. No inicio desse ano, já com quase 15 clientes na empresa, percebemos que também temos todo o mercado de empresas que querem fortalecer marca e marketing de conteúdo para oferecer os serviços de produção e inteligência para YouTube.

Grupo administra a Kefera Store, que vende produtos da maior YouTuber brasileira. (Divulgação)

Grupo administra a Kefera Store, que vende produtos da maior YouTuber brasileira. (Divulgação)

Qual foi o investimento inicial?

Uma média de R$ 30 mil, de todos os sócios, e mais o tempo de todos, que desde do começo se dedicam de maneira exclusiva à empresa.

Quem são os principais clientes?

Atualmente a Coletive tem uma gama bem diversificada de clientes e serviços prestados. Além da Kéfera, atendemos as cantoras Sofia Olivera (maior canal de cover do Brasil), Rafa Gomes, ex-The Voice Kids, Maddu Magalhães, maior canal de DIY do Youtube e a Clara Aguilar, canal de conteúdo adulto que abraçamos a produção e gerenciamento do canal, e desde o começo do nosso trabalho já fizemos o canal crescer uma média de 100% ao mês em números de inscritos e engajamento.

Vocês são responsáveis por quais vertentes da Kéfera?

Atualmente ainda cuidados da loja da Kéfera, através do licenciamento da sua marca, e somos responsáveis por toda a operação do e-commerce, desde a criação dos produtos até o pós-atendimento. Além disso, um dos sócios da Coletive, Ricardo Almeida, é o responsável pela edição de todos os vídeos dela, e auxilia na criação do conteúdo.

Quais são as estratégias para monetizar os vídeos/artistas?

As estratégias variam muito para cada cliente, canal e nicho que eles trabalham. De maneira geral, a Coletive estuda os números do canal, os dados fornecidos, público alvo e engajamento, vídeo por vídeo, entendo como o público daquele influenciador ou empresa trabalha. Depois de ao menos um mês de trabalho fazemos algumas análises e traçamos projetos de acordo com o que foi visto. Dentro das estratégias pode existir: testar novos formatos de vídeos, trabalhar edição mais solta, conseguir vídeos de colaboração com outros influenciadores, novos conteúdos. Tudo é feito em conjunto com o cliente e juntos vamos acertando as possibilidades.

Sofia Oliveira é uma das clientes da Coletive (Divulgação).

Sofia Oliveira é uma das clientes da Coletive (Divulgação).

Uma das vantagens do Youtube é justamente a rapidez de testar novas coisas sem tanto custo. Assim podemos ir descobrindo o mais rápido possível aquilo que dá certo, e investir no momento e formatos que nos parecem mais adequados.

Vocês atendem somente famosos ou também pessoas que estão começando, para dar um up na carreira?

A Coletive acredita no poder do YouTube de visibilidade para todos os tipos de pessoas e marcas! Atendemos sim pessoas que estão começando, ou empresas menores. De maneira geral apresentamos propostas que condizem com a capacidade de investimento de cada um, e também traçamos metas viáveis, contudo acreditamos que o trabalho no Youtube é, assim como  maioria de trabalhos relacionamos a fortalecimento de marca e imagem, um trabalho a longo prazo. Além disso, trabalhamos com a recorrência de vídeos, o que acarreta em um envolvimento e dedicação do cliente máxima no projeto. Nos auxiliamos ao máximo, pois também estamos aprendendo juntos como criar os melhores formatos, mas precisamos do envolvimento, pois acreditamos que o quanto mais a pessoa se envolve no projeto, melhor o resultado e seu contato com o público.

Quais são os planos para o futuro da empresa?

Atualmente a Coletive está abrindo as portas para novos clientes influenciadores e principalmente empresas que acreditem, assim como nós, e no mercado lá fora, que o YouTube é uma nova rede de fortalecimento de marca! Queremos crescer com novos trabalhos, e nos tornarmos referencia nacional em produção e soluções para essa rede social. O crescimento é muito acelerado e precisamos estar atentos para caminhamos juntos com todos, e estamos à frente!

O apresentador Rafael Cortez também está iniciando carreira no YouTube. (Divulgação)

O apresentador Rafael Cortez também está iniciando carreira no YouTube. (Divulgação)

Qual sua dica para os empreendedores que estão iniciando carreira?

Seguem algumas dicas da nossa sócia Lila B. Montalvão sobre empreendimento:

Autoconhecimento: cada vez mais a humanidade enxerga a importância do autoconhecimento pra vida diária.O autoconhecimento é essencial também no mundo dos negócios, inicialmente para que o empreendedor saiba o negócio que o apaixona, mas também para saber seus pontos fracos, pontos fortes e habilidades que precisa desenvolver para o bem do negócio.

Encare seus erros: é importante que falhas no desenvolvimento do negócio não sejam encaradas como derrotas, mas sim como aprendizados. Porém, é importante que haja planejamento e testes de validação de negócio o mais cedo possível, para que as perdas sejam minimizadas ao máximo e que o saldo desse erro seja positivo.

Saia da zona de conforto: mesmo se o negócio  já estiver em andamento, é necessário que o empreendedor enxergue sua empresa globalmente e trabalhe para o crescimento dela, mesmo em áreas que não são de sua expertise. Por exemplo, se a empresa de tecnologia é fundada por um programador, é natural que ao pensar no crescimento da empresa o empreendedor esteja inclinado em produzir um código melhor (sua expertise), mesmo que a necessidade mais evidente da empresa seja marketing.

tag: assessoria youtubers, carreira no youtube, coletive youtubers, monetização de videos, youtubers e-commerce,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.