Revista Time elege CEO da Disney como o empresário do ano

Sem categoria

dez 12, 2019

0
No cargo há 15 anos, Bob Iger classifica 2019 como um ano super produtivo para a Disney

Provavelmente algum personagem da Disney já marcou sua infância. E isso não é à toa. Considerada um império do entretenimento, a empresa tem uma mente brilhante por trás de todo o sucesso: o CEO Bob Iger.

Depois de faturar mais de US$ 1 bi, sequência de Coringa está confirmada

Além do serviço, os recentes lançamentos cinematográficos também explodiram – e no bom sentido. O maior deles e mais lucrativo da história, Vingadores – Ultimato, rendeu 2,8 bilhões de dólares mundialmente. Outro sucesso de bilheteria foi Frozen 2 que, apesar de ainda não ter chegado em todos os cinemas de todos os países, já está no ranking como um dos mais lucrativos da empresa, com 924 milhões de dólares.

Parques temáticos

Outro negócio que movimenta (e muito) a empresa são os parques temáticos. Presente em três continentes, a gestão do “cara mais bonzinho de Hollywood” – como é conhecido o CEO – rendeu uma receita de quase 30 bilhões de dólares em 2018, ou seja, a metade do lucro total da empresa (considerando todos os seus segmentos).

Também em 2018, aproximadamente 157 milhões de pessoas visitaram os parques. Como se não bastasse isso, os cinco parques mais visitados dos Estados Unidos no mesmo ano foram todos da Disney, segundo o ranking da Themed Entertainment Association, que acompanha a movimentação do setor já que a Disney não divulga dados de visitação.

Confira as 4 chaves de sucesso da Disney

LEIA TAMBÉM:

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *