Serviços de streaming desbancam TV fechada e já fazem parte de 66% das casas brasileiras, afirma QualiBest

Principais serviços de streaming: Netflix, Amazon Prime Video e Disney+ superaram os canais de TV durante a pandemia.

Serviços de streaming desbancam TV fechada e já fazem parte de 66% das casas brasileiras, afirma QualiBest

De acordo com uma pesquisa do Instituto QualiBest, serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video e Disney+ superaram os canais de TV durante a pandemia.

Na pesquisa, 66% dos participantes disseram que assinam algum desses serviços, enquanto apenas 40% disseram ter um canal de TV a cabo em casa.

A pesquisa avaliou que o streaming de mídia parece estar causando grandes mudanças no mercado de telas. Já que, mais de um terço dos entrevistados (37%) afirmaram que embora já tenham subscrito um canal fechado no passado, mas atualmente não dispõem deste serviço mais.

Além disso, considerando quem mantém as assinaturas do canal, 24% reduziram os planos no ano passado.

“A pesquisa aponta para um fenômeno fundamental que estamos vivendo hoje, em que o consumidor está claramente mais disposto a pagar por um serviço de streaming do que por uma assinatura de TV – e por vários motivos: além de serem multitelas, as plataformas oferecem uma flexibilidade de assistir filmes e séries muito maior do que a televisão. Essa é uma vantagem fundamental que elas possuem e que, por isso, devem mantê-las na frente da concorrência por muito tempo”

analisa Daniela Malouf, diretora geral do Instituto QualiBest.

Devido à sua disponibilidade em vários dispositivos, a preferência por plataformas de vídeo também está se tornando cada vez mais popular. Para 75% dos respondentes da pesquisa, esse é um ponto decisivo.

Quase todos os entrevistados (81%) usam o serviço por meio de smartphones, e a TV paga mal se difundiu.

Concorrência entre serviços de streaming

O levantamento mostra que, embora a Netflix ainda tenha uma grande vantagem sobre os concorrentes, à medida que novos entram no mercado, a empresa terá que fortalecer sua própria força.

É o caso do Disney +, que chegou ao Brasil em novembro do ano passado e já tem 20% dos usuários na pesquisa – quase o mesmo que o Globoplay (22%), que está em operação há seis anos. Amazon Prime Video ocupa o segundo lugar com 33% dos usuários.

“É comum, em qualquer mercado, que a concorrência encontre um equilíbrio maior com o tempo. Nossos números sugerem que isso está começando a acontecer entre as plataformas de streaming, após anos de domínio da Netflix”

analisa Daniela Malouf.

LEIA TAMBÉM: Uber anuncia a construção de uma nova sede no Brasil, na Grande São Paulo

tag: amazon, amazon prime video, disney, disney plus, Netflix, prime video, QualiBest, serviços de streaming, streaming, streaming de vídeo, streaming de video amazon, streamings,

avatar

Marcus Bernardes Fundador

A Magia do Mundo dos Negócios – 2013

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.